COMPARTILHAR

MÁRIO DEBIQUEUma das coisas que me diverte são as redes sociais. Como eu me delicio com alguns comentários! Lembro do Orkut, quando um cidadão, tido como meu arqui-inimigo, me atacava, e ataca até hoje. Sem sucesso, é claro! Meu “ibope” vem daí: das palavras pífias de mal-amados e de gentinha que não se achou e nem percebeu o que tem entre as pernas. Quero me reportar à insatisfação de alguns com relação ao governo. Para alguns nada “tá bão”, nada presta e, apesar do prestígio que tem certas manifestações pelo mundo afora, aqui, na minha terra de cidadania honorária, uns gatos pingados insistem em “buquejar” e impor como tal. Lastimável, ou melhor, broxante. Lembro-me uma vez que esse “broxante” deu tanto ibope que acabou broxado. Falar de política é tão chatinho! Haja remedinho blue para algo sem tesão! Na verdade tem gente por aí que não dá tesão em ninguém. Quem me conhece sabe que eu sempre fui a favor do povo, luto no meu programa de rádio pela igualdade de direitos, só não aceito que alguns partidarizem iniciativa que poderia ser relevante. Eu disse “poderia”. Digo sempre que alguns colegas da imprensa tem parte da culpa no que se refere a alguns inconformados. Dar espaço para gentinha aparecer na mídia não é papel de jornalista. Eu disse para um amigo que manifestação que envolve política deslavada e não envolve o povo está confinada ao desprestígio. Lembre-se, meu povo: a melhor forma de manifestar é nas urnas e não fora delas. Se a população está distante, mais distante está o sonho dos inconformados. Conheço Itaúna muito bem, e sei que uns gatos pingados se julgam perfeitos moralistas e cheios de pudores. O certo seria afirmar primeiro que são miseráveis e arrotam carne quando comem miojo. Enganadores! E nem adianta comentar nada, apenas leia e fique na sua. Em Itaúna, alguns por excesso de miopia e falta de cultura, preferem não ler o que escrevo pelo fato de serem praticantes de bulling cultural. Enganam a grande massa com seus sobrenomes falidos e gestos revoltados. Lembro-me que quando comecei a fazer rádio aqui na cidade, em 1995, muitos quiseram me silenciar tal qual quis fazer a deusa Hera ao mandar cobras ao berço de Hércules. Não funcionou. Aqui estou: forte, ouvido, dono de um programa de rádio marcado por números e pesquisas que me colocam em primeiro lugar na audiência, bem distante do segundo. Sinto dizer, mas a vida só é boa quando é vivida na sua individualidade. Por isso somos únicos, com problemas, mazelas e dificuldades. Se cada um seguir o seu caminho, resolver suas pendengas, já está de bom tamanho. Como disse do início do texto, uma das coisas que me diverte são as redes sociais. Como eu me delicio com alguns comentários! Um “distinto” senhor do bairro de Lourdes me mandou um recado dizendo que me ouvir na rádio Alternativa ou ler meus textos aqui no Portal Noticias de Itaúna é uma grande perda de tempo. Faço minhas as suas palavras: perda de tempo era quando VOCÊ “podia” falar ao vivo lá na rádio e agora não fala mais! Não fala, porque “EU” proibi o SENHORZINHO de falar. E não fala mesmo! Agora, ler meus textos, você vai ler e engolir seco. E tá dito. E tá escrito. Aprendi com minha saudosa avó Dona Amélia Debique que “na boca de quem não presta quem é bom não vale nada”. Não sou rico e nem sou pobre, lido bem com o meio termo. Tenho um pé na conferência vicentina e outro na sala do Dilson da Minerita. Outro dia li uns comentários a meu respeito aqui no Portal Notícias de Itaúna que mais pareciam texto do Zorra Total. No meio de tantos puritanos hipócritas me sinto a irmã carmelita. Eu não tenho expectativa nenhuma com relação a quem lê ou comenta minhas “notas”. Sei que não sou um doce de pessoa, mesmo porque doce enjoa e causa diabetes. Sejamos melhores, sejamos únicos, mas lembre-se: aquilo que você deseja ao outro acontece primeiro com você. Sem Vudu, por favor!…

COMPARTILHAR

MÁRIO DEBIQUE é graduado em Comunicação Social pelo Instituto J Andrade, atua na área da comunicação há 17 anos. Na Rádio Alternativa FM, tem programa de apelo popular que é líder de audiência no horário. É Liderança Comunitária há mais de 10 anos, Promotor de Eventos e Professor de Língua Portuguesa na rede estadual de ensino. Mário Debique é atualmente Assessor de Comunicação do SAAE e já trabalhou no Gabinete do Prefeito Eugênio Pinto e em outras gestões com o Ex Prefeito Hidelbrando Canabrava (04 anos) e o Ex Prefeito Osmando Pereira da Silva (por 08 anos). Na Câmara Municipal de Itaúna trabalhou no Cargo de Assessor de Comunicação nas gestões do Ex Presidente e vereador Orlando Rodrigues e Antônio de Miranda. Articulista político, popular e com um jeito novo de conciliar e trabalhar. Mário Debique é considerado polêmico e tem um jeito pessoal de fazer críticas e elogios, por isso, integra a Equipe NOTÍCIAS de Itaúna.

Comments are closed.