COMPARTILHAR

estadio-atletico-mg-twitter-2Imagens do projeto do estádio do Atlético-MG ganharam repercussão na internet nesta quarta-feira. A nova arena teria capacidade para 45 mil torcedores e deve ser erguida em um terreno às margens da Via Expressa, no Bairro Califórnia, em Belo Horizonte. A obra foi concebida pelo arquiteto e urbanista Bernardo Farkasvölgyi. As fotos que circulam entre os torcedores pertencem ao livro Arquitetura Brasileira 4ª Edição, lançado na última semana em São Paulo. Conforme o texto de apresentação dos desenhos, a concepção do projeto veio de imagens da torcida atleticana.

 

 

– As bandeiras, as camisetas e os grandes panos em preto e branco que tomam conta dos jogos do Clube Atlético Mineiro foram a grande inspiração para o arquiteto Bernardo Farkasvölgyi conceber o projeto do estádio que será a nova casa do time. Desta forma, a cobertura do estádio ganhou um listrado branco e preto que se repete no desenho do piso no nível térreo e também na fachada do edifício-garagem.

 

Informações preliminares dão conta de que o estádio seria construído em um terreno de 13 mil metros quadrados, com estacionamento para cerca de 4 mil veículos. Em entrevista recente ao jornal O Tempo, Daniel Nepomuceno, presidente do clube admitiu o interesse na construção, que teria custo em torno de R$ 500 milhões. O projeto que circula na internet prevê a criação de um parque de lazer para os moradores da região noroeste da capital mineira. Segundo a assessoria de imprensa do Atlético-MG, nesse momento, nenhum acordo com parceiros ou a Prefeitura de Belo Horizonte para a realização da obra foi firmado de forma oficial. Caso o projeto seja concretizado, o Atlético-MG pode deixar de mandar jogos no Independência, que tem sido a casa do time alvinegro desde 2012.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.