COMPARTILHAR

cruzeiro2-300x300O Cruzeiro está à procura de mais um meia no mercado, mas admite dificuldades para contratar. O presidente do clube celeste, Gilvan de Pinho Tavares, revelou que não vem encontrando atletas para o setor disponíveis, mas continua em busca de um reforço. O nome de Lucas Lima, antigo sonho da diretoria, foi mais uma vez ventilado durante a semana, mas o Santos continua descartando qualquer possibilidade de negociar o jovem jogador antes do meio do ano. O mandatário celeste avisou que não irá insistir e descartou a vinda. Valdívia também é carta fora do baralho, apesar da versão palmeirense de que o meia foi sondado.

 
– Tentamos sim (Lucas Lima), mas o Santos não quer vender. O Cruzeiro não vai insistir em um jogador que o clube não quer vender. Estamos tentando, sim, contratar um meia. Mas é um meia que não existe (disponibilidade). Se aparecer, nós temos interesse, sim, e vamos buscar.

 
Com um salário de R$ 200 mil, aumentado em novembro do ano passado, após reunião com a diretoria santista, Lucas Lima tem um contrato de mais quatro anos e um acordo com os dirigentes do clube praiano de que só sairá da Vila Belmiro, caso receba uma boa proposta, a partir de junho, na abertura da janela de transferências.

 

Neste momento, a diretoria do Santos e seus investidores descartam qualquer possibilidade de negociação com o Cruzeiro. Lucas Lima tem 80% dos direitos econômicos presos à Doyen Sports. O Santos possui apenas 10% e ganhará 20% da diferença entre o valor de uma venda futuro e aquilo que pagou para ter o atleta. Enquanto o empresário do jogador, Edson Khodor, possui 10%.

 
O clube conta com a ajuda do empresário André Cury para procurar mais um meia para o time de Marcelo Oliveira. O agente já intermediou negociações do Cruzeiro nesta temporada, como a do meia Arrascaeta. O palmeirense Valdívia, que negocia a renovação com a equipe paulista, foi sondado pela diretoria do Cruzeiro, mas oficialmente o clube mineiro nega.

COMPARTILHAR

Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.