COMPARTILHAR

147226Professores das Séries Iniciais terão reajuste de 13,01%

 

A Prefeitura de Mateus Leme vai reajustar o salário dos servidores municipais em 6,22% em 2015. O aumento, maior que o percentual concedido em 2014 (5,56%), foi calculado conforme o IPCA, índice oficial do governo para medição das metas inflacionárias, e será adotado a partir do pagamento da folha referente ao mês de março, em abril.

 

Além do salário corrigido, os servidores vão receber no mês quatro, de maneira retroativa, a diferença acumulada dos meses de janeiro e fevereiro. A medida é válida para os servidores ativos e inativos do Poder Executivo Municipal.

 

O prefeito Marlon Guimarães defendeu o reajuste e a responsabilidade do aumento. “É uma vitória poder conceder um reajuste superior a 6% estando os municípios vivenciando uma situação de resseção que influencia de maneira prejudicial os cofres públicos. É também uma medida responsável, assumida com a expectativa de que vamos trabalhar para honrar esse compromisso com os servidores”, destacou o prefeito.

 

O reajuste foi fixado pela Lei n.º 2.690/2015, aprovada por unanimidade pela Câmara Municipal de Mateus Leme e sancionada pelo prefeito nesta quarta-feira, dia 04 de março.

 

Reajuste professores

O prefeito sancionou também a lei que prevê o reajuste de salário dos professores das Séries Iniciais (SI) em 13,01%, equiparando os vencimentos pagos pelo município ao piso nacional dos profissionais da educação básica. Na prática, o aumento proposto eleva os salários do magistério público de R$ 1.041,81 para R$ 1.198,87, proporcional às 25 horas semanais trabalhadas.

 

“Ao instituir o reajuste salarial dos professores como uma das prioridades da administração para este início de ano, a Prefeitura assumiu o compromisso de oferecer melhores condições de trabalho e remuneração para os profissionais da educação básica”, destacou o prefeito.

 

De acordo com a secretária municipal de Educação, Regina Sônia Diniz, o percentual de 13,01% que a Prefeitura está concedendo por meio desse projeto, vem de encontro com o que determina o Art. 5º da Lei 11.738 de 16 de julho de 2008, que instituiu o piso salarial nacional para os profissionais da educação básica, e ainda criou dispositivos orientando os municípios a respeitarem o vencimento inicial do piso salarial nacional, calculado anualmente pelo MEC, para as carreiras do magistério público da Educação Básica.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.