COMPARTILHAR

Prefeitura Intermedeia reunião entre Nascentes das Gerais e moradores de Azurita (28)População reivindica mais segurança para pedestres e construção de passarela

Atendendo ao convite do prefeito Marlon Guimarães a Concessionária Nascente das Gerais, responsável pelas obras de duplicação da rodovia MG-050, reuniu-se com moradores do distrito de Azurita e apresentou o cronograma de obras previsto para os próximos meses. A reunião foi uma oportunidade para prestar contas à sociedade sobre a execução do projeto de duplicação e os prazos previstos para a conclusão da obra.

 

A segurança dos moradores do distrito foi o primeiro assunto a ser abordado. O prefeito cobrou melhorias na sinalização da rodovia e os moradores pediram a colocação de redutores de velocidade em dois pontos da via, próximo ao acesso à praça São Sebastião e antes da faixa de travessia de pedestres na altura da Escola Municipal Hélen Jaqueline de Souza. “Centenas de crianças e adultos precisam atravessar a rodovia todos os dias e não podem ficar à mercê da própria sorte. É preciso que sejam tomadas medidas urgentes que garantam a segurança de todos que precisam usar a rodovia”, defendeu Marlon Guimarães.

 

A Concessionária acatou os pedidos e disse que vai investir na melhor sinalização do local e instalar redutores de velocidade para os veículos até a conclusão da duplicação. “Ao final das obras, Azurita contará com um viaduto reformado (o existente sobre a rodovia) e uma passarela para a travessia de pedestres”, afirmaram os diretores.

 

A construção da passarela pode começar em maio. Conforme a Nascentes das Gerais, a licitação para contratação de empresa que vai executar o projeto de instalação da passagem sobre a rodovia já está pronta.

 

O viaduto para a travessia de veículos que já existe no local será mantido. Segundo a Nascentes das Gerais, engenheiros vistoriaram o local e constataram que a estrutura suporta o tráfego de veículos e de pessoas e não sofreu abalos com as intervenções provocadas na rodovia. A concessionária pediu paciência dos usuários e disse que enquanto a passarela não ficar pronta a travessia pelo viaduto é a maneira mais segura de atravessar a rodovia.

 
Mais comunicação

O prefeito e os moradores de Azurita cobraram mais diálogo da concessionária com a comunidade. “Sentimos que há um descaso com o distrito, que está sofrendo as consequências de todo o processo de duplicação da rodovia”, afirmou Niceu Apolinário Lima. Segundo ele, toda a comunidade está sofrendo com a degradação de algumas ruas, a falta de segurança nos acessos ao distrito e para embarcar nos ônibus intermunicipais e escolares que atendem a população.

 

A Nascentes da Gerais disse que as intervenções são temporárias e vai priorizar a comunicação com a comunidade para manter todos os moradores informados sobre os prazos de execução da obra e as melhorias previstas para o local.

 

O prefeito Marlon Guimarães sugeriu a realização de reuniões periódicas para que a concessionária tenha condições de prestar contas sobre o projeto e informar sobre as intervenções futura até a conclusão do projeto.

 

Previsões

A Concessionária Nascentes das Gerais reapresentou o projeto de duplicação e falou dos prazos previstos para a execução das próximas etapas do projeto de duplicação. Segundo a empresa, a previsão é que até o final de abril todos os trechos em que se iniciaram a duplicação sejam entregues conforme o projeto aprovado pelo DER.

 

Porém, isso não vai garantir a conclusão da obra porque, de acordo com a empresa, ainda há entraves judiciais (em relação à desapropriação de alguns imóveis) que, temporariamente, impedem o avanço de algumas frentes de trabalho.

 

 

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.