COMPARTILHAR

Reunião na Nascentes das Gerais oficializa melhorias no acesso à Mateus LemeMudanças serão executadas junto com obras de duplicação da rodovia MG-050

 

Mais acessos vão criar mobilidade para moradores de Mateus Leme e usuários da rodovia MG-050 após a conclusão das obras de duplicação no perímetro urbano do município. Conforme o novo projeto, apresentado na semana passada, ao invés de quatro, 10 agulhas de acesso serão construídas pela Nascentes das Gerais permitindo maior fluidez do trânsito e atendendo aos anseios de moradores e comerciantes. A concessionária também confirmou a realização das obras de interligação da avenida Padre Vilaça debaixo da rodovia.

 

Os novos acessos serão abertos ao longo de três quilômetros. “Ouvindo os anseios da população e de comerciantes instalados às margens da rodovia conseguimos levar todas as reivindicações para a empresa que administra as obras a qual, num primeiro momento, nos garantiu que as mudanças realizadas no projeto atendem várias demandas apresentadas”, afirmou o secretário municipal de Administração, Marcus Júnior Diniz.

 

O projeto inicial previa apenas uma entrada para o município em cada um dos sentidos. A outra abertura seria para o acesso a rodovia. “Conseguimos mais que dobrar o número de entradas. Agora, de acordo com a Nascentes das Gerais, serão três agulhas de acesso no sentido rodovia/marginal e mais duas agulhas que ajudarão no tráfego da marginal para a rodovia em cada sentido deste trecho”, adiantou Marcus Júnior.

 

O acesso à rodovia LMG-431, que liga Mateus Leme a Serra Azul, próximo a uma lanchonete, será novamente estudado. A concessionária se comprometeu a analisar tecnicamente a viabilidade de criação de uma entrada que facilitaria o trânsito de veículos e garantiria passagem direta para a rua José Lino. “Saímos da reunião com a garantia de que esse pedido será analisado. Caso aprovado, a Nascentes das Gerais vai nos comunicar sobre a mudança no projeto. Mas, se não for possível fazer as adaptações, temos a garantia de que com as novas agulhas, a entrada de veículos para o local será construída a uma distância de 200 metros”, completou o secretário municipal de Administração.

 

A reunião também serviu para a Prefeitura cobrar antigas reivindicações. A interligação da avenida Padre Vilaça sob a rodovia foi mantida pela Concessionária no projeto, que também reconheceu a urgência para a colocação de nova sinalização e redutores de velocidade nas obras de Azurita.

 

Participaram da reunião, além do secretário de Administração, Marcus Júnior Diniz, o presidente da Câmara de Mateus Leme, vereador Cristiano Oliveira, o engenheiro da Concessionária, Tiago Valandro e o gerente de engenharia da Nascentes das Gerais, Renato Avelar. Dois empresários de Mateus Leme, além de projetistas e um advogado que representa a empresa foram convidados para expor suas sugestões.

COMPARTILHAR

Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.

Comments are closed.