COMPARTILHAR
????????????????????????????????????
????????????????????????????????????

Unidade vai acolher crianças com idade entre 3 e 4 anos a partir de agosto

 
A Unidade Municipal de Educação Infantil – UMEI D. Carmita, a primeira de Mateus Leme, foi inaugurada oficialmente no último sábado, dia 11, e entrará em funcionamento no próximo dia 03 de agosto, no retorno das atividades escolares do segundo semestre. Com capacidade para acolher até 312 alunos, em dois turnos, a UMEI faz parte do maior programa de valorização e investimentos do governo federal e da Prefeitura de Mateus Leme na Educação Infantil do município.
A UMEI D. Carmita vai acolher crianças em duas faixas etárias matriculadas nos anos iniciais da Educação Básica. Alunos da creche, com três de idade, e inscritos na pré-escola, ou seja, com idade igual a quatro anos.

 

 
Os alunos que vão ingressar na UMEI este ano foram selecionados a partir de um levantamento de demanda realizado pela Secretaria Municipal de Educação em 2014. Este ano, em agosto, os pais de alunos com idade entre 0 e 4 anos serão novamente chamados para um recadastramento que vai apontar a demanda por vagas e definir os critérios para o ingresso de estudantes no próximo ano letivo, que tem início em 2016.

 

 
Investimentos
A Prefeitura de Mateus Leme investiu recursos próprios para concluir a construção da Unidade Municipal de Educação Infantil. Orçada em R$ 1,7 milhão, a obra foi financiada pelo Fundo Municipal de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que destinou cerca de 55% dos recursos necessários para execução do projeto, e pelo governo municipal, responsável pelo repasse de aproximadamente R$ 750 mil.

 

 
Estrutura
A UMEI D. Carmita foi construída em consonância com o padrão do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) que propicia um ambiente lúdico e criativo, com acessibilidade aos portadores de necessidades especiais, priorizando a funcionalidade, a segurança e a facilidade de manutenção.

 

 
A Unidade Municipal de Educação Infantil está em uma área ampla e plana, doada pela Prefeitura, no bairro Nossa Senhora do Rosário e conta com mais de 5 mil m², sendo 1.237m² construídos para oferecer conforto e a segurança aos futuros alunos.
Além de salas amplas e equipadas com material didático, a UMEI D. Carmita conta também com sala multiuso e informática, biblioteca, banheiros adaptados para crianças e portadores de necessidades especiais, além de uma cozinha equipada com eletrodomésticos e utensílios, espaço exclusivo para amamentação e armazenamento de leite, lavanderia, ampla área de convivência coberta, teatro de arena, playground, estacionamento e salas administrativas para professores e funcionários.

 

 
Solenidade

 

 
Para inaugurar a primeira UMEI de Mateus Leme, o prefeito de Mateus Leme, Marlon Guimarães, recebeu o deputado federal e secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Miguel Correa. Ele veio representando o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, que justificou ausência através de um cartão em que parabenizou o empenho da administração municipal por mais esta conquista.

 

 
Marlon enfatizou o empenho do governo municipal para entregar obras que reforçam o compromisso da administração com a população. Ele agradeceu o esforço de todos os servidores envolvidos e, emocionado, ressaltou o envolvimento da Prefeitura com projetos que fazem diferença na vida pessoas. “A entrega desta UMEI, que eu ainda chamo de creche, é o resultado de um esforço coletivo, da vontade de muitas pessoas que superaram adversidades e conseguiram concluir mais esta obra em um momento difícil para as administrações públicas. Eu reconheço esse empenho e, encarecidamente, agradeço a todos que contribuíram para a realização desta obra que é o símbolo do maior programa de acesso à Educação Infantil no município”, afirmou o prefeito.

 

 
O chefe do Executivo descerrou a placa inaugural ao lado da esposa e primeira dama do município, Sorahia Alves Guimarães, o vice-prefeito, Mário Fidelis de Vasconcelos, do secretário de Estado, Miguel Corrêa, da secretária municipal de Educação, Regina Sônia Diniz, da representante da família da homenageada, Míria Aparecida Guimarães e do presidente da Câmara, vereador Cristiano Oliveira.

 

 
Em seguida eles abriram a porta da unidade para a visitação pública.

 
Ato simbólico

 
A bandeira da UMEI D. Carmita foi apresentada pelos bisnetos da homenageada. Renan e Natan trouxeram a bandeira da Unidade que se juntou às das escolas municipais de Mateus Leme. O ato simbolizou a anexação da UMEI à Secretária Municipal de Educação que passa a gerir ao invés de dez, 11 instituições de ensino a partir de agosto.

 
Todas as dez escolas municipais mandaram representantes.

 
Atrações

 
A Banda Municipal de Mateus Leme deu as boas vindas à população que acompanhou vários espetáculos ao longo da programação de entrega da unidade. A Escola Estadual Elias Salomão apresentou um número circense encenado pela “Trupe Elits”. A Escola Municipal Judith Abreu de Oliveira preparou uma quadrilha e a Escola Municipal D. Lúcia Dias ensaiou um grupo de alunas que levaram o “Menino Jesus” e uma pomba, simbolizando o pedido de paz para a Unidade. A APAE de Mateus Leme apresentou a montagem “Planeta Água”, que venceu a etapa regional do Festival Nossa Arte, concorrendo com Associações o interior do Estado.

 

 
Representantes das igrejas evangélicas e católica também foram convidados para um ato ecumênico. Uma oração foi conduzida por pastores das dez igrejas evangélicas do município e ao final, todos rezaram o “Pai Nosso”.

 
Durante a inauguração a Secretaria Municipal de Saúde ofereceu serviços de aferição de pressão e testes de glicemia gratuitos. Para as crianças houve distribuição de algodão doce e pipoca.

 
D. Carmita
Carmita Vilaça Guimarães, a Dona Carmita, que honrosamente foi escolhida para dar nome à Unidade Municipal de Educação Infantil foi uma defensora da educação em Mateus Leme. Mulher simples e de origem humilde, Carmita acreditava na educação e no poder do diálogo, da cooperação e da união das pessoas. Foi por acreditar nas pessoas que ela dedicou grande parte de sua vida às escolas de Mateus Leme, onde trabalhou como servente, e também à Saúde, servindo com dedicação e afinco aos postos de saúde.

 
Sua contribuição para a Educação no município foi destacada na Escola Domingos Justino Ribeiro, no centro de Mateus Leme. Enquanto servente, Dona Carmita viveu em comunhão com os alunos, trabalhando para garantir a todos, sobretudo aos mais necessitados, uma merenda digna e boas condições para estudar. É nesse cenário que sua vocação por ajudar ao próximo se destacou.

 
Às vezes sem recursos, Carmita pedia a simples contribuição de todos para fazer uma merenda escolar de qualidade. Com doações que recebia, muitas vezes de ervas e folhas, ela temperava a comida com amor, pois sabia que, para muitos estudantes, aquela poderia ser a principal refeição do dia.

 
A infância humilde despertou em Carmita o senso de cooperação. Mãe de nove filhos, dos quais seis ainda estão vivos: Regina Sônia, Clarice, Milton, Murilo, Míria Aparecida e Marlon Aurélio, Carmita foi casada Gerson da Silva Lataliza. Hoje ela é avó de 14 netos e bisavó de quatro bisnetos.

 
D. Carmita nasceu em Esmeraldas, na região central do estado, em 21 de junho de 1924. Mudou-se na infância para Mateus Leme, onde faleceu em 21 de maio de 2000.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.