COMPARTILHAR

Projeto Xerimbabo 2015A Exposição “A vida é mais”, recebida dentro projeto Xerimbabo Usiminas, reuniu mais de 3.400 pessoas, entre alunos e professores de 31 instituições de ensino de cidades próximas a Itatiaiuçu. Realizada pelo Governo de Minas e pela Usiminas, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, a mostra ficou em cartaz durante 13 dias no Centro de Biodiversidade da Mineração Usiminas e foi encerrada no último dia 05 de setembro. O projeto também ofereceu aos visitantes oficinas de pintura em aquarela com a artista plástica Magda Libânia.

 

 

De forma lúdica, “A Vida é Mais!” encantou os visitantes que passaram por quiosques temáticos com obras de artistas renomados, como Rogério Terra, Frederico Franco e Maria de Fátima Louzada. Pelo trajeto, perguntas instigavam o público de todas as idades a refletir sobre a vida e seus mistérios.

 

 

 

Para a técnica em Meio Ambiente da Mineração Usiminas e uma das organizadoras do evento, Mayana Flávia Ferreira Pimenta, o resultado da exposição reforçou o compromisso da Usiminas com a educação ambiental, além de ressaltar a importância da relação entre a empresa e a comunidade. “Em mais um ano da mostra em Itatiaiuçu percebemos o envolvimento, especialmente das crianças, em um tema tão importante, como o deste ano, retratando os ciclos da vida”, conta.

 

 

A professora Aline Rose Fonseca de Lima, que foi monitora do Projeto na última edição, levou mais de 500 alunos entre 13 e 18 anos de duas escolas para visitar a mostra. Ela explica que antes de conhecer a exposição os alunos tiveram acesso a informações sobre biodiversidade e vida dentro de sala de aula e, posteriormente, foram feitas redações sobre o assunto. “Depois da visita ao Projeto Xerimbabo notamos que os alunos passaram a pensar sobre sua posição no mundo, buscando formas de modificá-lo. É extremamente visível como as percepções mudaram e conseguimos desenvolver reflexões a respeito da temática da mostra”, conta Aline.

 

 

O curador da exposição Lélio Costa e Silva lembrou que o projeto Xerimbabo Usiminas, a partir da sua essência em promover a educação ambiental nesses 31 anos de existência, sempre contou com a arte em sua linguagem. “A mostra se tornou oportunidade ainda mais expressiva para o convite a crianças, adolescentes e adultos conhecerem, apreciar e agregar valores à arte em seus mais variados aspectos.”

 

 

Antes de Itatiaiuçu, a exposição ficou em cartaz em Ipatinga (MG), cidade onde estão localizadas duas unidades do grupo Usiminas.

 

 

O Xerimbabo

 

 

Pioneiro em tratar de educação ambiental, realizando anualmente discussões diferentes sobre o tema, o Projeto Xerimbabo está em sua 31ª edição em Ipatinga e na sexta em Itatiaiuçu. Com eventos gratuitos voltados para educadores, estudantes e comunidade local, o projeto considera um contexto transdiciplinar baseado em três princípios: ética ambiental, sustentabilidade e conservação das espécies.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.