COMPARTILHAR

Prefeito Marlon entrega medalha a aluna por participação na OBA 2015. Ao lado a diretora da escola, Ogrenis Xavier DinizAluna de Sítio Novo conquista medalha de prata em competição que reuniu mais de 800 mil estudantes

 
Alunos da Escola Municipal Hipólito José de Faria, no distrito de Sítio Novo, receberam em novembro os certificados pela participação na XVIII Olímpiada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Em ato público o prefeito Marlon Guimarães reconheceu os esforços dos estudantes e destacou as estratégias de ensino adotadas pela Secretaria Municipal de Educação para a valorização do talento das crianças e incentivo do desenvolvimento pedagógico.

 
A cerimônia foi marcada pela entrega de 57 certificados e a medalha de prata para a aluna Paôla Luiza Lara Diniz. A estudante teve um aproveitamento de 96% na prova, aplicada em maio deste ano e cujo resultado foi divulgado somente na semana passada. Participaram da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica 837.734 alunos de 9.552 escolas públicas de todo o país.

 
“A conquista da Paôla é o reflexo dos investimentos da Prefeitura de Mateus Leme em uma educação integrada e de resultados. É também fruto do trabalho incansável de educadores que se renovam e incentivam o conhecimento através de novas estratégias”, afirmou o prefeito. “Por isso, quero parabenizar aos professores, à diretora Ogrenis Xavier Diniz e a todos os estudantes que estão trilhando um caminho de sucesso, começando a trajetória escolar e profissional com foco e determinação”, completou.

 
A cerimônia de entrega da medalha e certificados reuniu todas as diretoras das escolas municipais, o presidente da Câmara de Vereadores, Cristiano Leonardo de Oliveira, os secretários municipais de Administração, Marcus Júnior Diniz, e de Educação, Regina Sônia Diniz. “O sucesso da escola é uma soma de fatores que envolve o dinamismo profissional da equipe pedagógica da Prefeitura de Mateus Leme, o empenho de professores, o incentivo dos pais e a vontade e o talento dos estudantes”, resumiu Regina Sônia.

 
Os pais de Pâmela, Cleudes Xavier Diniz e Elaine Maria Lara Diniz, professora da rede municipal de ensino, falaram da satisfação ao receber o resultado. “Estamos orgulhosos e felizes. Sempre percebemos a capacidade da nossa filha, que desenvolveu desde muito nova o gosto pela leitura e pelos estudos. O resultado desta prova é o reconhecimento desse esforço”, afirmaram.

 

 
Escola premiada
Há nove anos os alunos da Escola M. Hipólito José de Faria recebem medalhas pela participação de destaque na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Desde 2006 foram reconhecidos os esforços de sete alunos premiados com medalhas, além das dezenas de certificados outorgados pela participação na OBA.

 
Gustavo Alves da Silva ganhou a primeira medalha de bronze pela Escola em destaque pelo seu resultado na prova. Em 2010, outros três alunos foram reconhecidos pelos organizadores da Olimpíada com medalha de bronze os alunos Pablo Antônio Ribeiro Lara, Kelly Lúcia de Sousa e Lorraine Aparecida da Silva.

 
Em 2012, a escola ganhou a primeira medalha de prata através dos esforços de Pâmela Lúcia Lara Diniz e de bronze com a aluna Yandra Aparecida da Silva Melo.

 
Este ano, Paôla Luíza Lara Diniz completou o quadro de medalha da Escola.

 
Sobre a Olimpíada

 
A Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica é organizada anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira e pela Agência Espacial Brasileira, com recursos principalmente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), órgão vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

COMPARTILHAR

Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.