COMPARTILHAR

AudiênciaEncontro dá transparência às ações da Secretaria Municipal de Saúde e marca o compromisso da Prefeitura na prevenção e controle sobre a proliferação do mosquito Aedes aegypti

 

A Secretaria de Saúde de Mateus Leme realizou nesta quinta-feira, 07 de abril, audiência pública para apresentação das estratégias adotadas pelo município para o enfrentamento do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, da febre Chikungunya e o vírus Zika. O encontro foi realizado na Câmara Municipal, às 09h30, com a presença de autoridades em saúde, reguladores da rede da atenção básica (ESFs), urgência e emergência (UPA 24 horas) e Zoonoses, representantes do Executivo e do Legislativo, além de lideranças sociais.

 

A audiência pública teve como pauta as ações promovidas pela administração municipal para o combate e controle das doenças transmitidas pelo inseto. A secretária municipal de Saúde, Vanda Freitas, reforçou o conjunto de medidas adotado pela Prefeitura para a manutenção da saúde pública e destacou de forma positiva o trabalho das equipes de promoção à saúde.

 

“Todas as ações de prevenção, orientação e enfrentamento às doenças transmitidas pelo Aedes aegypti estão sendo adotadas e incentivadas pelo município como políticas públicas para o enfrentamento da dengue”, explicou Vanda. Ainda segundo a gestora, o município está cada vez mais atuante contra o mosquito e a participação de toda a sociedade é o instrumento mais eficaz para exterminar o inseto e impedir sua proliferação.

 

O apoio de todas as pessoas é fundamental para que o município alcance o objetivo principal do Plano de Ação que é diminuir a morbidade por dengue, Chikungunya e o vírus Zika. Por isso, a Secretaria Municipal de Saúde vai agir com transparência para apresentar à sociedade a situação atualizada em relação aos casos de contaminação pelo vírus, além de:

 

• Reestruturar a rede de atenção básica e de urgência e emergência para o acolhimento humanizado de pacientes diagnosticados e com suspeita de ter contraído dengue

 

 

• Mobilizar toda a sociedade a criar hábitos conscientes para evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue

 

 

• Criar um ambiente de prevenção ao Aedes aegypti, oferecendo informações e difundindo-as

 

 

• Atuar ao lado de entidades de classe e órgãos públicos no enfrentamento às doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti

 

 

Conforme o último boletim epidemiológico, atualizado em 26 de março, em Mateus Leme foram registrados 809 casos suspeitos de dengue desde janeiro. Desse total, 123 casos foram confirmados por laudos clínicos e exames laboratoriais, 686 ainda são tratados como notificações e esperam por resultado.

 

 
Prefeitura faz
A Prefeitura de Mateus Leme, cumprindo a determinação do Ministério da Saúde, adequou-se à portaria n.º 2.121/2015 e mobilizou Agentes Comunitários de Saúde (ACS) para o combate à dengue ao lado dos Agentes de Controle de Endemias (ACE). Desde janeiro, as duas categorias trabalham juntas na prevenção de doenças e na orientação à população nas unidades de saúde e nos atendimento domiciliares.

 

O Mutirão da Limpeza, instrumento criado pela Prefeitura em parceria com as Secretarias Municipais de Obras Públicas e Meio Ambiente, recolheu cerca de 40 toneladas de materiais inservíveis em casas e pontos comerciais de 15 bairros do município e no centro.

 

Cumprindo as leis municipais que preveem multas aos proprietários de imóveis que não mantém o espaço limpo, foram aplicadas, de janeiro até março, 86 notificações exigindo a tomada de providências. Nas empresas e escolas, a mobilização educativa envolveu milhares de colaboradores e estudantes.

 

Participação
Morador do bairro João Paulo II, Jefferson Alvarenga, parabenizou a Secretaria Municipal de Saúde pela atitude e agradeceu a oportunidade da sociedade participar do processo de tomadas de decisões. Ele ressaltou o trabalho da Zoonoses e incentivou a população a atuar contra a dengue, convocando as pessoas a serem fiscalizadoras em seus bairros, cobrando atitudes cidadãs e denunciando os casos de abandono de imóveis às autoridades competentes.

 

A secretária de saúde, Vanda Freitas, reforçou que a ouvidoria da Prefeitura de Mateus Leme é o canal criado pela Prefeitura de Mateus Leme para ouvir o cidadão e que todas as denuncias podem ser feitas pelo telefone 3537.5813 ou pelo endereço eletrônico ouvidoria@mateusleme.mg.gov.br.

 

O presidente da Câmara Municipal de Mateus Leme, Francisco José de Brito, o Chico da Venda, também participou da audiência pública e ressaltou a importância do diálogo para a prestação de contas das ações realizadas e para a elaboração de políticas públicas que contemplem os anseios da sociedade.

 

A audiência pública foi encerrada às 11h30 após o diálogo entre a Secretaria Municipal de Saúde com todos os participantes.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.