COMPARTILHAR

gordon-elijah-muller-mackintoshAcusado de roubo a banco, o filho de um político canadense alegou que cometeu o crime durante um delírio por conta de um remédio antidepressivo.

 

Gordon Elijah Muller Mackintosh, de 24 anos, que é filho do ministro da província de Manitoba Gord Mackintosh, alegou inocência por um roubar um banco em abril de 2012.

 
No dia do crime, o jovem entrou no banco usando um boné, óculos de sol e um bigode falso. Ele disse que tinha uma bomba em sua maleta e fugiu com 100 dólares canadenses.

 
Em defesa do filho, Barbara Mackintosh disse que Gordon apareceu no trabalho mais tarde naquele dia e parecia fora de si.
A decisão final sobre o caso será dada no dia 24 de fevereiro.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.