COMPARTILHAR

ratoO britânico Christopher Baker, de 28 anos, foi acusado de largar propositadamente um rato em um restaurante lotado em Sunderland, na Inglaterra, com o objetivo de não pagar pela refeição.Assista ao vídeo.

 

As câmeras de segurança flagraram o momento em que Baker colocou a mão no bolso e soltou algo no chão. Em seguida, ele saltou de sua cadeira e começou a gritar dizendo que havia um rato no restaurante.

 
O incidente ocorreu no dia 14 de fevereiro, Dia dos Namorados na Inglaterra. Após ir embora, Baker voltou ao restaurante e pediu seu dinheiro de volta (7,25 libras ou R$ 34).

 
O dono do restaurante, Kevin Smith, capturou o roedor, mas estranhou o fato de ele ser dócil. Ao chamar uma empresa de controle de pragas, Smith descobriu que o rato era provavelmente um animal de estimação.

 
Ao verificar as imagens das câmeras de segurança, o dono viu o momento em que Baker colocou a mão no bolso e soltou algo no chão. Ao ser confrontado, o jovem alegou que o roedor havia fugido após morder seu dedo.
Ele acabou sendo acusado de fraude e denúncia falsa.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.