COMPARTILHAR

IMG_9261Tempo quente e seco, clima propício para proliferação do transmissor da Febre Maculosa
Durante o período de secas e calor a possibilidade de enfermidades como Febre Maculosa, nomeada assim devido a um de seus sintomas ser o aparecimento de máculas – manchas na pele, aumenta em grandes proporções. Esta enfermidade é causada por uma bactéria nomeada Rickettsia Rickettsii, que é transmitida através da picada de uma carrapato específico conhecido Estrela, de Cavalo, Vermelhinho, Mucuim ou Rodoleiro. Este carrapato pode ser encontrado em cães, gatos, coelhos, galinhas, bois, cavalos, tatus, gambás, cobras, capivaras e vários outros animais.
Esta infecção é muito rara em seres humanos, pois, para que uma pessoa seja infectada, o carrapato tem que ficar “grupado” na pessoa de 04 a 06 horas. A indicação é que, em um ambiente que possua carrapatos, examinemos o nosso corpo a cada 3 horas. Desta forma, a probabilidade de infecção é praticamente anulada, pois a única forma da doença ser transmitida é pelo carrapato hospedeiro. Não existe a possibilidade de contaminação de uma pessoa para outra, por contato físico, nem por saliva, nem urina e fezes. Ou seja, se as pessoas que estiverem em ambientes propícios a existência deste carrapato, se examinarem a cada 03 horas, a probabilidade de infecção é praticamente anulada, pois, a única forma de ser transmitida é pelo carrapato hospedeiro, não existe possibilidade contaminação de uma pessoa para outra, por contato físico, nem por saliva, nem urina e fezes.

 
Os sintomas normalmente aparecem em 7 dias, mas o período que se deve observar é de 02 a 14 dias, e são: febre moderada a alta podendo chegar a 40°c, dores fortes de cabeça, dores no corpo, calafrios, edema e inchaço nos olhos e as máculas , nos punhos e tornozelos, que progridem para o tronco e face e após, mãos e pés. Nas infecções mais intensas, pode ocorrer necrose nos dedos, orelhas e genitais, além de sangramento nas gengivas e nariz, tosse seca e intensa.

 
A pessoa que, ao estar em ambientes propícios a proliferação, ou tiver vários animais em casa, encontrar algum carrapato em seu corpo, procurar atendimento ambulatorial assim que sentir os primeiros sintomas e informar que foi picado por um carrapato. O exame para confirmação é feito laboratorialmente. A prevenção é simples, sempre que frequentar ou tiver contato com animais que frequentam lugares de alta incidência, examine seu corpo e de suas crianças de 03 em 03 horas, não esmague o carrapato, pois, a bactéria pode entrar através de um ferimento. Use carrapaticida com frequência em animais de estimação.

 
A Prefeitura de Itaúna periodicamente realiza a coleta de carrapatos e realiza testes e exames para ver se há contaminação da bactéria Rickettsia Rickettsii, e solicita liberação ambiental para aplicar carrapaticida nos locais de risco.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.