COMPARTILHAR

Sem-título1Em depoimento à Polícia Civil, o jovem João Paulo Miranda, de 19 anos, que é filho do vice-prefeito de Itaúna, Antônio de Miranda, confessou que dirigia o carro usado no crime de homícídio pelo qual ele é investigado. A informação foi dada ao G1 na noite desta quinta-feira (15), pelo delegado Diego Almeida Lopes, responsável pelo caso. A assessoria de imprensa particular do vice-prefeito ficou de se pronunciar sobre a confissão do filho.
Na quarta-feira (14), o político já havia se posicionado. Ele confirmou que o veículo pertence ao filho. Na manhã desta quinta-feira, o vice-prefeito divulgou uma nota oficial, dizendo que lamenta o fato e que pede forças a Deus.
O caso
Segundo a Polícia Militar (PM), a vítima estava na Rua Manoel da Custódia quando um carro se aproximou e os passageiros atiraram contra o jovem, fugindo em seguida. Segundo os policiais, o carro é do filho do vice-prefeito.O suspeito foi detido em casa.
Ainda segundo a PM, uma testemunha disse aos policiais que dirigia um caminhão quando a vítima, já ferida por um tiro, pediu ajuda. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado e socorreu o homem, que morreu a caminho do hospital. A PM informou que o tiro acertou o cotovelo esquerdo e perfurou o pulmão e o tórax da vítima.
Também conforme os militares, um homem foi visto deixando o local do crime em um carro, que logo após foi localizado, abandonado na região. A polícia descobriu que o dono do veículo era o filho do vice-prefeito. Em seguida, agentes foram até a casa do suspeito e o prenderam. Uma mulher, que seria namorada do suspeito, também foi levada para a delegacia, mas acabou sendo liberada.

 

G1

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.

Comments are closed.