COMPARTILHAR

imagem-de-destaqueExcelentíssimo(a) Conselheiro(a),

Convocamos V. Sª para reunião ORDINÁRIA do Conselho Deliberativo Municipal do Patrimônio Cultural, Artístico e Ecológico de Itaúna – CODEMPACE, a realizar-se no dia 02 de março de 2015, segunda-feira, na Galeria Ahmés de Paula Machado, Espaço Cultural, sito à Rua Antônio Corradi, 55, centro, às 8:00h em primeira convocação, e às 8:30h em segunda, para discussão e deliberação da seguinte pauta:

 

– Leitura e aprovação da ata da reunião ordinária do dia 02/02/2015;
– apresentação e posse do membro efetivo Sr. Luiz Parreiras, Gerente Superior de Cultura do Departamento de Cultura da Prefeitura Municipal de Itaúna;
– leitura de expediente;
– informes: requer decreto de tombamento da “Clínica de Olhos Dr. Argos Penido”; encaminha minuta de decreto de tombamento da “Igreja Matriz de Sant’Ana”;
– Deliberações:
1. pedido de demolição da edificação localizada na Rua Dorinato Lima, bairro de Lourdes, n° 596 (ficha de inventário já encaminhada);
2. demolição da Igreja de São José, bairro Garcias, s/n (ficha de inventário já encaminhada);
3. discussão sobre a listagem dos bens inventariados do município para fins de atualização do IPAC e definição dos bens passíveis de tombamento;
4. mercado municipal;
5. outros assuntos de interesse.

 

Na impossibilidade de comparecimento, o conselheiro efetivo deverá justificar a ausência pelo telefone: (37) 3243-6395 ou pelo e-mail: codempace@gmail.com, e convocar imediatamente o seu suplente.

 

Informamos que, conforme estabelece o Art. 8º do Regimento Interno do CODEMPACE, “A falta não justificada a duas sessões ordinárias consecutivas, ou a duas sessões extraordinárias, no período de um ano, implicará perda do mandato do Conselheiro”.

 

Atenciosamente,

Jerry Adriane Teles Magalhães
Secretário

Ailton Darlan Ribeiro
Presidente

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.