COMPARTILHAR

Osmando Fiemg - gasodutoConvidado para conhecer o projeto da implantação do gasoduto, com abrangência direta de 55 municípios mineiros, entre eles o de Itaúna, o Prefeito Osmando Pereira esteve na Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) na manhã de quarta-feira, 04/03. O gasoduto com previsão de fornecimento de gás até 1º de novembro de 2016 se estende entre os municípios de Queluzita a Uberlândia, sendo que a unidade fertilizantes nitrogenados (planta de amônia) será instalada em Uberaba, no Triângulo Mineiro.

 
Trata-se do maior gasoduto de distribuição do país, tendo mais de 450 quilômetros de dutos e capacidade inicial para 3 milhões de metros cúbicos/dia. Segundo o presidente da Fiemg, o empresário Olavo Machado Júnior, “a instalação do gasoduto em terras mineiras trará uma série de oportunidades para o estado, com o benefício de 55 municípios visando a geração de novos empregos e impulso ao desenvolvimento industrial e regional, motivo pelo qual a Fiemg apoia sua implantação em terras mineiras.”

 
Para Osmando Pereira, a implantação do gasoduto, que recebeu a denominação de NOVOGÁSOESTE, a exemplo dos demais prefeitos dos 55 municípios a serem beneficiados, é nova oportunidade de desenvolvimento do município de Itaúna. “O gasoduto representa a grande oportunidade de desenvolvimento do Centro-Oeste mineiro, atraindo indústrias e demais empresas com a disponibilidade de gás natural na região. Será de grande benefício para a metalurgia, veículos automotores, alimentos e bebidas, mineração e para a indústria têxtil como no caso da Companhia de Tecidos Santanense”, disse.

 
O gasoduto trará para as regiões dos 55 municípios vantagens competitivas. Entre elas o menor custo das instalações e redução no custo com energia. Trará também vantagens ambientais como baixa presença de contaminantes, baixa emissão de partículas de fumaça e cinzas, o que caracteriza a redução da poluição urbana, com baixa emissão de gás carbono, o que diminui os impactos sobre as mudanças climáticas
Os secretários de estado, deputados e prefeitos que tomaram conhecimento mais detalhado do gasoduto aprovaram o empreendimento na esperança da promoção do desenvolvimento socioeconômico e industrial desta região de Minas Gerais.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.

Comments are closed.