COMPARTILHAR

IMG_4486

 

IMG_4465

 

Ação fez parte da programação da Semana da Água e contou com a participação da Prefeitura de Itaúna, SAAE, Grupo de Escoteiros, Polícia Militar, Polícia Militar do Meio Ambiente e OAB

 
Muitos proprietários de chácaras, sítios e fazendas descartam o lixo de maneira incorreta, muitas vezes na beira das estradas rurais. Na estrada que dá acesso às comunidades de Campos e Lopes o problema é comum, e é possível encontrar restos de comida, plantas, e até móveis que não são mais utilizados, em alguns locais que se tornaram bota-fora, sendo o principal deles, próximo à entrada do condomínio Alphaville.

 

 

Para conscientizar motoristas, sitiantes e pessoas que passam pelo local, foi realizada uma blitz educativa na manhã de sábado, 21 de Março. A ação encerrou a programação da Semana da Água, realizada pelo SAAE, e teve a parceria da Prefeitura de Itaúna, Grupo de Escoteiros de Itaúna, OAB, Polícia Militar e Polícia de Meio Ambiente e Trânsito: “Estamos na semana que é comemorado o dia da água. Neste ponto onde é um bota-fora, podemos ver que não há critério algum para que as pessoas joguem lixo. Unindo forças e cada um fazendo a sua parte, quem ganha é a própria sociedade”, disse o Sargento José Abadia de Oliveira, da Sétima Companhia da Polícia Militar de Meio Ambiente e Trânsito.

 

 

Foram distribuídos panfletos, além de orientação à população sobre a importância do descarte correto de resíduos, uma vez que a coleta é realizada seis dias por semana na zona urbana da cidade. As pessoas foram orientadas a trazer o lixo para a cidade e colocá-lo para recolhimento de acordo com os dias da coleta seletiva – secos e molhados, da região onde moram. Já nas comunidades rurais, o recolhimento é realizado de uma a duas vezes por semana, de acordo com a necessidade e do lixo gerado: “Algumas pessoas ainda não colaboram. Essa ação que faz parte da Semana da Água é muito importante para que as pessoas possam colaborar e assim nossa cidade ficar mais limpa”, disse o gestor de resíduos sólidos da Prefeitura de Itaúna, Sérgio Cunha.

 

 

Quem passou pelo local aprovou a ação: “Este trabalho é muito importante para ver se a população se conscientiza em não sujar mais”, disse João Pacheco Filho. Mesmo sentimento de Antônio: “Existe a coleta seletiva, mas várias pessoas ainda não colaboram. Vocês estão de parabéns pela ação. Algumas pessoas ainda não têm consciência do quanto é importante manter a cidade limpa”, disse Antônio Moreira Nunes.

 

 

O Grupo de Escoteiros de Itaúna levou quinze crianças para ajudar na distribuição de panfletos e conscientização de quem passou pela estrada na manhã de sábado: “É bom para as crianças aprenderem isso desde pequenas, porque assim elas se tornam adultos responsáveis. Para nós, participar de ações como essa é muito gratificante”, explicou o Presidente dos Escoteiros de Itaúna, Robson Pinheiro.

 

 

Os lixos e entulhos foram recolhidos do local e a equipe do SAAE, plantou 30 mudas das espécies “trema”, “hibiscus” e “croton”, como forma de inibir as pessoas que ainda possam insistir em jogar lixo naquele trecho, conforme informou o coordenador do Programa Rio São João, Ralim Mileib. No total foram retiradas mais de 10 toneladas de lixo. Nesta semana será plantada grama no local e a Gerência de Resíduos manterá fiscalização na região, para manter a limpeza.

COMPARTILHAR

Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.