COMPARTILHAR

1926288_479879758841963_4303018345041348887_oEspaço será reaberto no sábado com espetáculo gratuito

 

 

O Teatro Sílvio de Matos está de cara nova. Neste feriado de 21 de abril, o Gerente Superior de Cultura, Luiz Parreiras, acompanhou a recolocação das poltronas reformadas no Teatro, que será reaberto no sábado, 25/04, com a apresentação de um premiado espetáculo, no qual a entrada será gratuita.

 

 

“Depois de nove horas de labuta neste feriado de 21 de abril, foi concluído o trabalho. Estou feliz com mais essa conquista para o Espaço Cultural em Itaúna proporcionado pela Prefeitura de Itaúna. Agora no dia 25 já teremos casa cheia.”, comentou o Gerente de Cultura.

 

 

O investimento na reforma das poltronas foi de R$61.798,60. Para garantir mais conforto aos frequentadores do Teatro, as poltronas foram revestidas com courvin, material mais resistente.Para a reabertura o Teatro Sílvio de Matos recebe o espetáculo “Como sobreviver em festa e recepções com buffet escasso”. A entrada é gratuita, basta retirar o ingresso com antecedência no Espaço Cultural. O espetáculo será às 20h.

 

 

Sinopse

Você é convidado para um casamento às 20 horas e sabe que vai haver recepção. O que é que você faz? Você não janta! Mas de repente você descobre que a comida não vai dar para todo mundo. O pai da noiva é pão duro e não calculou bem o número de penetras. A situação é aflitiva, mas Carlos Nunes conhece bem as técnicas de sobrevivência em festas e recepções com buffet escasso. Vocês devem estar imaginando como o modesto cidadão Carlos Nunes nascido na modesta cidade do Serro, Minas Gerais, adquiriu conhecimentos suficientes para falar de um assunto tão complexo. É muito simples: como penetra. Durante 20 anos, ele foi penetra em festas de aniversários, coquetéis de lançamentos de livros… “até em ceias de velório eu já penetrei. Mas o meu ganha pão predileto mesmo eram as recepções de casamento”.

 

 

Escrito pelo professor Ângelo Machado, que se inspirou no seu livro “Manual de sobrevivência em recepções e coquetéis com buffet escasso” (Editora Lê, 1999, uns R$15,00), e dirigido por Ênio Reis, “Como sobreviver em Festas e Recepções com Buffet escasso” é mais do que um espetáculo teatral: é um verdadeiro curso de auto ajuda. Tanto que todas as pessoas que o assistem recebem um certificado de conclusão ao final de cada apresentação. O espetáculo estreou em junho de 2000. Em 2001 recebeu o “Prêmio Amparc/Bonsucesso” por ter sido o espetáculo com maior público no ano 2000 em Belo Horizonte (150 mil pessoas em 300 apresentações). Além disso, o espetáculo deu a Carlos Nunes o “Prêmio Sesc/Sated de melhor comediante/humorista de 2000”.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.