COMPARTILHAR

IMG_8158Em Itaúna apenas 57,81% se imunizaram contra a doença

 
A Secretaria Municipal de Saúde divulgou mais um balanço da vacinação da gripe em Itaúna. No município, até o dia 26/05, 16.608 pessoas foram vacinadas o que equivale a 57,81% da cobertura total do público-alvo.

 

 

De acordo com o Gerente de Vigilância em Saúde, Antônio Delgado a situação foi resolvida em alguns locais em que a vacina tinha acabado: “A Secretaria Estadual de Saúde está disponibilizando as doses de acordo com a demanda. Os locais que estavam faltando as vacinas, já receberam as doses”. A vacinação continuará até o dia 3 de junho em todas as unidades de saúde do município.

 

 

Crianças entre 6 meses a menores de 5 anos, idosos com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), portadores de doenças crônicas, dentre outros, que não tomaram a dose, devem procurar a unidade de saúde mais próxima e levar o cartão de vacinação.

 
Confira os dados:

 
Total público-alvo 16.608 pessoas- 9.601 vacinadas
Idosos 9.981pessoas – 6.416 vacinados
Crianças – 4.722 crianças – 2.405 vacinadas
Gestantes 849 mulheres – 409 vacinadas
Puérpera 140 mulheres- vacinadas 86
Trabalhadores da saúde- 916 pessoas -285 vacinadas
Saiba mais

 

A vacina é segura e evita o agravamento da doença, internações e óbitos. Estudos demonstram que a imunização pode reduzir o número de hospitalizações por pneumonias e de mortalidade por complicações da influenza (no período de frio as chances de contágio da doença aumentam). Leva cerca de 15 dias para fazer efeito.

 

 

Após a aplicação, podem ocorrer dores no local da injeção e o endurecimento leve da pele, manifestações que geralmente passam em 48 horas. A vacina é contraindicada a pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores, bem como a qualquer componente da vacina ou alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.

 

 

A transmissão dos vírus influenza ocorre por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar ou através das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz).

 

 

O Ministério da Saúde orienta a adoção de cuidados simples para evitar a doença, como lavar as mãos várias vezes ao dia, cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar, evitar tocar o rosto e não compartilhar objetos de uso pessoal, dentre outros. Em caso de síndrome gripal, deve-se procurar um serviço de saúde o mais rápido possível (mesmo pessoas vacinadas devem procurar imediatamente o médico ao apresentarem os sintomas da gripe – febre, tosse, dores na garganta, na cabeça, musculares e nas articulações, dentre outros).

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.