COMPARTILHAR

esgotos-domesticos-e-de-industrias-2Cidade vai ter 100% de tratamento do esgoto em 2016.

 

Itaúna, cidade do Centro-Oeste Mineiro, que já é referência em coleta seletiva de lixo, está fechando o “ciclo do saneamento básico” com as obras de conclusão da ETE – Estação de Tratamento de Esgotos, que teve a ordem de serviço para a construção da segunda etapa assinada no dia 8 de junho. Foram liberados pelo Governo Federal, via Caixa Econômica, recursos da ordem de R$14 milhões, “a fundo perdido”, para a conclusão das obras, que consistem nas fases secundária e terciária.

 

A ETE de Itaúna terá capacidade inicial de tratamento de 180 litros/segundo de esgoto, podendo chegar a mais de 400, ao concluir as três fases, o que permitirá a devolução da água para o Rio São João, praticamente livre de quaisquer contaminações. Na primeira etapa, que deve ser concluída ainda neste ano, o esgoto receberá o tratamento preliminar, onde é realizada a separação dos sólidos mais grossos, por meio do processo de gradeamento. Em seguida, o esgoto receberá o tratamento primário, que consiste na redução de agentes poluentes, por meio de decantação e retirada de sólidos. Ao final desta fase o esgoto estará tratado em cerca de 60% de suas impurezas, sendo a água devolvida aos cursos naturais em condições aceitáveis pelos órgãos ambientais.

 

Na segunda etapa, que está sendo iniciada, ocorre a fase do tratamento secundário, quando é removida a matéria orgânica gerada a partir de reações bioquímicas, realizadas por microorganismos. Com esta fase do tratamento, o índice de eficiência na ação de despoluir as águas é de 95%, no mínimo. Em Itaúna ainda será realizada uma terceira etapa de tratamento, a terciária, que fará a descontaminação da água resultante do processo de tratamento. Esta fase, que também faz parte deste pacote de obras recém-liberado, permitirá que a água seja utilizada para fins industriais e até mesmo para captação com vistas a tratamento para consumo humano. Assim, ao final da obra, previsto para 2016, o esgoto de Itaúna será totalmente tratado com eficiência próxima de 100%.

 

Saneamento em Itaúna

Itaúna tem coleta seletiva de lixo, em 100% das áreas urbana e rural. Na área urbana a coleta é feita em 6 dias da semana, alternando em Lixo Seco e Lixo Molhado, sendo que no hipercentro são coletados diariamente, os dois tipos de lixo. Na área rural a coleta é feita conforme demanda, 3, 2 e 1 vez por semana. A coleta do Lixo seco é realizada por cooperativa de catadores, contratada pela Prefeitura para a prestação deste serviço. O município construiu e opera o aterro sanitário, com capacidade para receber os resíduos de Itaúna pelos próximos 20 anos.

 

A cidade é abastecida com água tratada pela autarquia municipal, que capta e trata cerca de 400 litros de água por segundo. Esta água é distribuída a cerca de 38 mil economias do município, atendendo a toda a área urbana de Itaúna. Também a zona rural do município é atendida pelo SAAE, que mantém poços artesianos e unidades de tratamento e distribuição de água nestas localidades.

 

O Município é atendido por uma extensa rede de captação de esgoto que é conduzida aos emissários construídos ao longo dos cursos d´água da área urbana. Por estes emissários, o esgoto está sendo canalizado até a ETE que terá sua primeira etapa entrando em funcionamento ainda neste ano. Na zona rural já existem redes de captação e mini-estações de tratamento nas localidades com maior densidade populacional. O Plano Municipal de Saneamento Básico, aprovado em 2014, planeja os próximos 20 anos do setor, com revisão prevista para 2018.

 

Assim, com a conclusão da ETE, prevista para 2016, Itaúna passará a fazer parte do seleto grupo de municípios brasileiros com 100% de tratamento do setor de saneamento básico. Uma marca que amplia, em muito, a qualidade de vida da população, visto que cada centavo investido em saneamento representa uma importante economia em gastos com a saúde curativa da população.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.