COMPARTILHAR

IMG_4870Percussão do NAC Curumim agitou a abertura do programa da Prefeitura de Itaúna

 

 

No ritmo da percussão. Foi assim que começou a 19ª edição do Governo Itinerante da Prefeitura de Itaúna nos bairros Novo Horizonte, Vila Nazaré, Vila Washington e Bela Vista. As apresentações do grupo de percussão formado pelos alunos do Nac Curumim, onde está a sede do GI, e da banda de música da Polícia Militar de Divinópolis deram o tom dos trabalhos, que começaram animados. A região começou a sentir os efeitos do programa de governo antes mesmo de seu início, na manhã de quarta-feira, 08/07, por meio dos serviços que já estavam sendo realizados na região como limpeza, capina e sinalização de ruas.

 
A cerimônia de abertura contou com a presença de várias autoridades, representantes da comunidade, presidentes de associações comunitárias, vereadores, secretários municipais, servidores da prefeitura e da população. O presidente da Associação Comunitária do Novo Horizonte, Fabiano Nogueira, lembrou a importância do Governo Itinerante para a comunidade: “Estamos lutando há dois anos para trazer o Governo Itinerante para o Novo Horizonte porque sabemos que é uma vitória para uma região. Estamos muito felizes também porque tivemos a notícia que será feito o alambrado no campo. Sejam bem-vindos”, afirmou.

 
Desafios
“Trazer o Governo Itinerante pra cá é um desafio, mas na verdade já estamos aqui há algum tempo e vamos continuar com os serviços. Queremos convidar a todos para estarem aqui constantemente. Recebemos uma cidade cheia de problemas e agora, quando estávamos saindo do sufoco, fazendo investimentos importantes, vem esta crise nacional. Mas aqui estamos fazendo o alambrado para o campo, trazendo melhorias para a comunidade e o Fabiano está lembrando que conseguimos também a passagem do ônibus na parte alta do Novo Horizonte, que foi um sonho também realizado. Que na sexta-feira possamos estar comemorando muita empatia e muito contato com a população. Sou muito grato a esta comunidade e vamos dar respostas”, afirmou o prefeito Osmando Pereira.

 
A diretora do NAC Curumim, Maria Luíza Vargas, reforçou a importância da participação popular na administração: “Uma cidade só é bem governada quando o povo participa e por isso que hoje é dia de muita alegria para todos nós do NAC-Curumim, do Bairro Novo Horizonte e bairros adjacentes, por recebermos a administração pública itaunense para realizar o vitorioso programa Governo Itinerante. Ao levar aos bairros o seu secretariado e serviços oferecidos à população, nosso Prefeito Osmando Pereira da Silva, juntamente com os nossos vereadores comprovam o quanto é importante estar perto do povo, ouvir seus anseios e, na medida do possível, atender aos inúmeros pedidos e resolver outros tantos problemas que acometem uma cidade do porte da nossa Itaúna.”

 
Início do Novo Horizonte
O prefeito Osmando lembrou a construção do bairro Novo Horizonte que marcou o início de sua vida política, ainda como vereador, quando ajudou a construir várias casas em sistema de mutirão unindo população e poder público. “O nosso grande líder Ramalho nos autorizou, ao Tuca Corradi e a mim, a organizar um mutirão para começar a construir as primeiras casas do Novo Horizonte. Fizemos reuniões, o Ramalho veio com sua equipe e começamos a construir as primeiras casas da vila junto com a comunidade. Eu era vereador, era líder do prefeito e tive aqui um aprendizado enorme, me unindo com as pessoas para em forma de mutirão construir estas casas. Depois abrimos ruas, trouxemos muita gente de outros locais da Vila Imperial, de perto do Senai, onde depois construímos a avenida Jove Soares, tiramos as pessoas que possibilitaram a abertura da Aurélio Campos. E gostaria de Lembrar também dos líderes que ajudaram a construir este espaço na época do governador Eduardo Azeredo”.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.