COMPARTILHAR

DSC_0088Três árvores, duas maiores e uma pequena, colorem o centro de Itaúna

 

 

João Gabriel*

 

 

A floração do ipê-rosa na Praça da Matriz de Itaúna vem emprestando mais colorido ao centro da cidade. Nos demais ipês da praça, a floração vem durante os meses de agosto, setembro e outubro, mas neste ano o rosa veio mais cedo. É bom prestar atenção, pois estas flores duram uma semana e caem. É o momento em que podemos ver outro espetáculo: o senhor Alcendino, o jardineiro com mais tempo de trabalho na prefeitura, colhendo as flores no gramado. Cada vez que ele enche o carrinho de mão, o transporte até a caçamba é outro espetáculo para se ver e curtir.

 

 

 

Nossos ipês estão lá, um em frente a antiga casa paroquial e dois outros ao lado da banca de revistas. Com maior intensidade de cachos, destaca-se nesta semana da festa da padroeira Santana a árvore em frente a casa onde já morou alguns padres. Os outros dois, do lado da banca, um é ainda jovem e pode ser cria das sementes do antigo cultivadas no horto florestal do SAAE, atrás do Morro do Engenho. E é bom que você se apresse em apreciar aquelas flores. Depois, só no outro ano. Nestes ipês, o símbolo de que a cidade respira flores do campo, sendo que em algumas das árvores o gaturamo, o assanhaço e o bem-te-vi disputam mamão ali colocados por motoristas de táxi.

 

 

O ipê, especialmente o de flores rosa, ajuda a recompor as matas ciliares, como reconhecem engenheiros florestais. É Itaúna se despindo de preconceitos e vendo no rosa do ipê a alegria de passar pelo centro da cidade e saber que por ali todos têm a liberdade de viver. A liberdade de buscar seus caminhos de vitórias. Quem vive ou visita Itaúna tem a necessidade de passar pelo centro, onde ainda se concentra os poderes de decisão. E é no ipê-rosa deste tempo é que se espera, também, a total realização dos objetivos. É bom se acreditar na beleza das flores de nossa Itaúna.

 

 

 
*João Gabriel é jornalista e escritor.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.