COMPARTILHAR

IMG_9925A equipe de neurologista contratada pela Prefeitura de Itaúna começa a tender à população a partir deste sábado, 01/08, no Pronto Socorro do Hospital Manoel Gonçalves. A contratação foi possível graças à determinação do Prefeito Osmando Pereira da Silva que definiu que a verba recebida do Governo do Estado, por meio da Rede de Resposta ao Trauma, da Secretaria de Estado da Saúde, que incluiu Itaúna, o Pronto Socorro e o Hospital Manoel Gonçalves como participantes do programa. A Secretaria de Estado de Saúde repassará um incentivo financeiro mensal no valor de R$ 200 mil/mês e o prefeito Osmando determinou então, que este valor fosse imediatamente revertido para ações de melhorias no atendimento através da contratação do atendimento em neurologia, dentre outras ações.

 

 

“A neurologia clínica e cirúrgica são dois problemas constantes e complicados na gestão da Clínica do Pronto Socorro de Itaúna, sendo um problema regional de capacidade instalada aquém do necessário e recorrente em todos os níveis de atenção e de organização da saúde pública de Minas Gerais. Pacientes que sofrem AVC ou mesmo traumatismo craniano, por exemplo, precisam ficar aguardando vaga para transferência em hospitais com profissionais capacitados para recebê-los, ficando dias na sala de observação do Pronto Socorro”, explica a Secretária Municipal de Saúde, Ângela Amaral.

 

 

Dos Serviços a serem prestados:

 

A Equipe de Neurologia foi constituída tendo profissionais de Itaúna e da equipe de neurologia do Hospital das Clínicas em BH.

 

 

A Equipe é responsável por plantão não presencial 24 horas por dia, 7 dias por semana, a partir de 01 de agosto de 2015.

 

 

A Equipe é responsável por atendimento telefônico imediato aos médicos plantonistas para primeiras orientações e ciência dos casos.

 

 

A Equipe é responsável por assumir os casos neurológicos que sejam necessários presencialmente, dentro do intervalo máximo de 12 horas.

 

 

Os médicos contratados prestarão assistência também aos pacientes que vierem a ser internados no hospital Manoel Gonçalves.

 

 

Serão realizadas cirurgias neurológicas de média complexidade, de acordo com a capacidade instalada do hospital. “Estas cirurgias irão atender pacientes que apresentarem quadro, por exemplo, de AVC hemorrágico, que antes chegavam a ficar esperando transferência para outro hospital por até 7 dias”, explica Ângela Gonçalves Amaral.

 

 

Os atendimentos serão exclusivos e focados nos casos de urgência e emergência e não abrangerão casos crônicos ou ambulatórias, triados como verde ou azul no protocolo de Manchester. Estes pacientes continuarão sendo atendidos na policlínica Dr Ovídio, através de marcação prévia de consulta.

 

 

“A missão da Secretaria de Saúde é buscar melhorias constantes para o atendimento aos pacientes, e a urgência e emergência é alvo de constante preocupação por parte da administração, já que neste caso a vida e a integridade do cidadão estão em risco imediato. As negociações e a busca de profissionais e recursos financeiros para custeio do atendimento em neurologia no Pronto Socorro sempre foi uma meta do nosso governo”, conclui a Secretária Municipal de Saúde.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.