COMPARTILHAR

????????????????????????????????????

Novos cursos profissionalizantes serão oferecidos em outubro e novembro de graça para a população
A capacitação profissional já é uma realidade para 31 novas costureiras do projeto “Escola Técnica” do Senai, em parceria com a Prefeitura de Mateus Leme. Elas vão receber um certificado pela participação no curso e já estão prontas para executar o que aprenderam em sala de aula, formalizando suas atividades.

 
Marly dos Santos Ferreira tem 34 anos e está desempregada há quase dois meses. A busca pela reinserção no mercado de trabalho a fez enxergar novas oportunidades para mudar de vida e aumentar a renda da família.

 
Há um mês, a dona de casa do bairro Santa Bárbara matriculou-se nos cursos gratuitos oferecidos pelo Senai. Hoje, 30 dias após o início das aulas, Marly já pode começar a viver o sonho que teve quando decidiu mudar de vida.

 
Formada pelo curso “Costureira Vestuário” Marly exibe o resultado de tanta dedicação. “É uma realização pessoal conseguir chegar aonde eu cheguei. Sempre tive vontade de investir nessa profissão, mas me faltava oportunidade. Com a escola móvel do Senai eu comecei e não pretendo mais parar”, afirmou.

 
Marly tem planos de abrir o próprio negócio. Quer investir na confecção de roupas de cama e peças íntimas. E, para ela, o incentivo dado pela Prefeitura de Mateus Leme, que ofereceu todas as condições para o curso ser ministrado no município, vai abrir novas portas.

 
Mais oportunidades para as pessoas, mais desenvolvimento para o município.

 
O secretário Municipal de Administração Marcus Júnior Diniz destaca a vocação de Mateus Leme para um segmento de mercado que cresce, independente da crise: o de prestação de serviços. Segundo ele, a Prefeitura pode ser uma incentivadora da atividade econômica ao planejar políticas públicas que criem oportunidades. “Os cursos técnicos oferecidos pelo Senai estão qualificando a mão de obra, especializando a prestação de serviço e contribuindo para criação de novos postos de trabalho”, justificou.

 
Marcus Júnior também defende o esforço contínuo da administração municipal na busca de novas e mais oportunidades. “A Prefeitura está atenta à realidade do município e vai buscar parcerias que qualifiquem a mão de obra, levando em consideração o perfil econômico da cidade e a demanda requisitada nos diferentes setores da indústria local”, completou.

 
O currículo de todas as novas costureiras está disponibilizado no SINE Mateus Leme, à disposição de empresas instaladas no município e em cidades da região.

 
2016
A Prefeitura de Mateus Leme ofereceu toda as condições para a realização dos cursos do Senai e está colocando à disposição da Instituição toda infraestrutura necessária para que seja fundada, em 2016, a Escola Técnica no município. O prefeito Marlon Guimarães, defende essa proposta e lembra os investimentos realizados pela administração.

 
Segundo o prefeito, o município cedeu um galpão para a instalação da Escola Técnica com capacidade para receber salas amplas, refeitório, biblioteca, área de convivência e estacionamento próprio. Nos últimos meses, a Prefeitura também realizou a reforma do espaço, adequando o imóvel às exigências do Senai.

 
“A Prefeitura não mediu esforços para conseguir mais esta conquista. A chegada do Senai cria um cenário mais motivador para as pessoas, sobretudo as que buscam novas oportunidades, e incentiva o crescimento social de Mateus Leme”, afirmou Marlon.
O diretor do Senai em Pará de Minas, André Rufino, esteve em Mateus Leme e reforçou a vontade política do município em criar mais condições para o sucesso profissional de seus cidadãos. “A Prefeitura está engajada em buscar o melhor para a população e faz isso porque está preocupada com a capacitação das pessoas. Esse incentivo para que todos possam estudar chega em boa hora, quando existe um cenário econômico desfavorável e que torna mais difícil a inserção profissional de quem não tem qualificação técnica”, afirmou.

 
Sobre os cursos
O curso “Costureira Vestuário” foi realizado durante o mês de setembro. Até dezembro outros dois cursos serão oferecidos. O próximo começa no dia 06 de outubro.

 
O módulo “Confecção em Couro” vai disponibilizar 24 vagas, das quais todas estão preenchidas. Os alunos matriculados puderam optar por estudar de manhã ou à tarde em turmas de até 12 alunos. O curso tem previsão para ser encerrado em novembro, quando começa o último módulo, “Pedreiro Alvenaria”, que vai capacitar mais de 40 pessoas.

 
Todos os cursos são gratuitos e os alunos recebem como incentivo uniforme e material didático.

 
Os certificados, conforme decisão do Senai, serão entregues via Correios na casa de cada aluno após a conclusão dos cursos.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.