COMPARTILHAR

MagnificatComunidade Magnificat lança campanha de apadrinhamento

 

A Comunidade Magnificat (Associação de Apoio e Recuperação de Dependentes Químicos de Itaúna), está lançando o projeto “Adote um interno da Comunidade Magnificat”. Esta ação tem como objetivo, buscar adesão das empresas e da população, na prevenção do uso abusivo de álcool e outras drogas. Todos podem ajudar, oferecendo carinho e acolhimento com visitas, palestras ou cartas, doação de produtos de limpeza, higiene pessoal, material de escritório e outros produtos de consumo diário. A Comunidade Magnificat precisa também de contribuições financeiras para a manutenção da entidade, que irão possibilitar a permanência dos acolhidos até o fim do programa, voltar ao convívio familiar e a vida produtiva.

 
A Comunidade Magnificat acolhe atualmente, cerca de 45 pessoas que necessitam de cuidados devido a problemas associados ao uso nocivo ou dependência de substância psicoativa, álcool e outras drogas, em regime de internação. O programa de tratamento está estruturado em duas etapas, além de contar com o período de acompanhamento de seis meses após a saída da comunidade. Oferece apoio logístico para aqueles que necessitam de um lugar para morar e reorganizar sua vida no pós-tratamento, chamado de “Residência Assistida”.

 
A etapa I está subdividida em dois estágios, sendo nos primeiros quarenta e cinco dias a partir da data da acolhida, no qual se trabalhará, principalmente, o engajamento do acolhido ao programa, para que ele tome a decisão fundamental de se manter na Comunidade. O segundo, corresponde os quarenta e cinco dias seguintes na comunidade, cujo foco, além do engajamento, é a tomada de consciência de estar na comunidade e ela se torna a “minha família, minha casa, meu programa de recuperação”.
A etapa II corresponde os 90 dias finais no programa, cujo foco é o aprofundamento, uma vez que o acolhido já superou os desafios da etapa I e tem condições de “mergulhar”, adentrar no “barco” da recuperação, por meio de uma reflexão mais profunda de seu ser e de sua estadia na comunidade, como do seu projeto de vida futuro.

 
Nos primeiros 15 dias na Comunidade o acolhido não recebe visitas, ao término deste, a presença dos familiares na comunidade se faz de grande importância para o tratamento. Em vista disto, durante o programa há saídas assistidas dos acolhidos passando um final de semana com seus familiares.

 
O modelo de internação é o terapêutico e voluntário, dependendo inteiramente da vontade daquele que realmente quer mudar de vida.

 
A base ou alicerce do programa de tratamento é a espiritualidade, entendida como caminho de transformação e mudanças profundas em seu ser, desenvolvido através de vários grupos como: “12 passos, Programa de Qualidade de Vida, Projeto de Vida, Prevenção da Recaída, Grupo de Sentimento, Autoajuda e Mútua-ajuda, Reuniões Matinais, Espiritualidade”. Todo esse trabalho é acompanhado por uma equipe transdisciplinar, seja através de atividades de grupo e atendimento individualizado, tendo como foco a pessoa como um todo e não a droga.

 

 
Qualquer dúvida quanto ao tratamento ou forma de apoiar esta causa, entre em contato com a Magnificat através do número (37) 3241-0963, ou no escritório da Comunidade Magnificat localizado na rua Ildeu Guimarães 394, bairro das Graças.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.