COMPARTILHAR

DSCN3814Leopoldo Siqueira, Dadá Maravilha e o Vibrantinho gravaram mais uma reportagem especial na entidade, que realiza o resgate social de mães com problemas alcoólicos e outras drogas

 

 

Após um ano da gravação de uma reportagem especial com a Comunidade Terapêutica Mães e Filhos, realizada em dezembro de 2014, a equipe do Alterosa Esporte retornou a Itaúna para acompanhar como está a instituição hoje. Leopoldo Siqueira, o ex-jogador de futebol Dadá Maravilha e o Vibrantinho agitaram a comunidade e ouviram várias histórias de superação. A equipe da TV Alterosa foi recepcionada pelo casal Janete e Marcílio de Assis, que tomam conta da instituição com muito amor e dedicação, e pelo gerente do Centro de Referência de Assistência Social – CRAS Helton Vilaça, acompanhado pelo psicólogo, também do CRAS, Maurício Correia.

 

 

“Cada dia que a gente vem para fazer essa reportagem, a gente aprende muito, enche o coração de esperança e de fé, porque essas lutadoras, juntamente com a Janete e o Marcílio que coordenam esse projeto maravilhoso, estão vencendo o vício das drogas, das tentações. Isso é um exemplo de vida para todos nós. Saímos daqui diferentes de quando chegamos. Saímos mais confiantes na humanidade”, comentou Leopoldo.

 

 

 

A Entidade realiza um trabalho de resgate social através da reabilitação física e psicológica de mães de 18 à 59 anos, desde gestantes a aquelas com crianças de até dois anos de idade, que são usuárias de drogas lícitas e ilícitas. Segundo o superintendente da Comunidade Terapêutica Mães e Filhos, Marcílio de Assis, a divulgação é muito importante para buscar doações e o apoio de toda a comunidade. “A gravação foi muito boa, bastante participativa. Essa divulgação é muito importante para nós, porque é uma forma das pessoas conhecerem a comunidade e saberem que nós precisamos da ajuda de todos para manter esse trabalho social”, explicou Marcílio.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.