COMPARTILHAR

Gilclér ReginaQuando você enxerga o invisível no visível (real) você constrói uma nova realidade”.

 
Ao enxergar o invisível no visível, isso mesmo, no real,faz com que você se sinta um visitante no caos. Você está ali, mas não é dali. Construir a certeza de que a dificuldade é provisória só é possível para quem usa a imaginação a seu favor. Deus ajuda, mas Ele espera que você faça a sua parte.

 
Aí entra aquela questão que diferencia umas pessoas das outras. Ver o que todo mundo está vendo, mas enxergando diferente. Neste caso, como exemplo de imaginação, você pode até morar na periferia, mas enxerga a possibilidade da zona sul.

 
Se existe um lugar melhor, por que não acreditar que ele pode ser seu? Muitas vezes estamos encarcerados dentro de nosso próprio mundo e não enxergamos novas oportunidades.

 
Quando você vive num meio onde ocorrem assaltos, brigas, violência, é algo bruto mesmo que acontece diariamente nas cidades e a tendência é achar que aquilo é seu mundo ou que você faz parte daquela realidade e ponto.

 
Mas você pode mudar a programação do seu cérebro. Sempre ouvi que pensar sai barato e que o Imperador do futuro será um Imperador de idéias. Quando você autoriza o seu cérebro a mudar o foco, você cria uma nova dimensão em sua vida e larga as amarras do passado ou de quem está criando barreiras para sua vida.

 
Repetindo:Você está ali, mas não é dali. Você pertence a outro lugar muito melhor e isso faz você enxergar que a dificuldade é provisória, que o problema não é o problema e sim a atitude que tiver em relação a ele, pois estará a partir daí criando e construindo uma nova realidade.

 
Pense nisso, um forte abraço e esteja com Deus!

 

 

• Gilclér Regina, palestrante de sucesso, escritor, articulista de vários jornais, sites, blogs e revistas e tido como referência nacional em liderança e motivação.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.