COMPARTILHAR

20160402182051810060uUma van do tipo Base Comunitária Móvel da PM teve parte do teto arrancado na manhã de hoje ao tentar passar por um pontilhão de linha férrea em Itaúna, a 85 quilômetros de Belo Horizonte, na Região Centro-Oeste do estado. O inusitado acidente ocorreu por volta das 11h na confluência das Avenidas Castro Alves e Lenhita, no bairro Irmãos Auler. Populares registraram o veículo com partes retorcidas após o impacto.

 

 

A imagem acabou viralizando no aplicativo de conversas WhatsApp. Procurada, a PM local afirmou que houve um erro de cálculo do militar que dirigira o veículo e somente o toldo instalado no teto desencaixou, não havendo maiores danos.

 

 

No local, que serve de ligação entre os bairros Padre Eustáquio e Irmãos Auler, existe uma inscrição no pontilhão de concreto da Ferrovia Centro-Atlântica alertando limite de altura para a passagem inferior de veículos. Ao atravessar a linha férrea com a van, um Fiat Ducato recém-incorporado à frota da PM de Itaúna, o militar que estava ao volante relatou que se enganou. Por ter observado outra van trafegando pelo mesmo local segundos antes, o policial entendeu que haveria altura suficiente para a Base Comunitária.

 

 

A van da PM se deslocava para atendimento a um evento do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) no bairro. Segundo o tenente Ronaldo Silveira, da 5ª Cia Independente de Itaúna, somente o toldo se desencaixou do teto, sem danos ao giroflex ou lataria. “O militar assumiu os danos e todas as providências administrativas foram tomadas”, ressaltou Silveira.

 

 

Após o registro de ocorrência a perícia foi acionada e a van será reparada.

 

 

Fonte: EM

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.