COMPARTILHAR

camara-municipal1-300x295* Quatro vereadores votaram favoráveis ao andamento do pedido

 
Com votos favoráveis apenas dos vereadores Adãozinho, Joel Márcio Arruda, Marcinho Hakuna e Palmira o foi derrubado o pedido do vereador Hudson Bernardes para instauração do Processo de Cassação do Prefeito Osmando por crime de responsabilidade; por não atender em tempo estabelecido por lei aos pedidos de informações do citado vereador. Por ser autor da denúncia, Hudson foi impedido de votar, apenas manifestou sua posição favorável.
Votaram contra o pedido: Alex Artur, Da Lua, Edinho, Pastor Gil, Giordane Alberto, Gleison Fernandes, Hélio Machado, Nilzon Borges, Maurício Aguiar e Léo Bala. Lucinho ausente e Presidente Francis Saldanha não vota.
O pedido foi lido na reunião da Câmara do dia 05/04 e protocolizado na manhã do dia 06/04. Posteriormente as 03 respostas aos pedidos chegaram; uma na manhã de quarta-feira 06/04 e as outras duas na tarde do dia 07 – quinta-feira.

 
O autor da denúncia Hudson Bernardes reafirmou que houve a prática do crime de responsabilidade e que as respostas chegaram fora do prazo, ficando evidente o desrespeito ao Poder Legislativo e o atentado à Constituição Federal. Negou qualquer fato político. no seu pedido “O fato, que não considero político, foi gerado no Executivo que culminou com o pedido de instauração do processo de cassação.”

 

 

Release Reunião 12/04/2016 Vereador Hudson Bernardes

COMPARTILHAR

Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.