COMPARTILHAR

mg 431O quilômetro 51 da MG-431, entre Itaúna e Itatiaiuçu, tem sido motivo de alerta. No local existe um radar fixo que não funciona desde novembro de 2014. Quem passa fica na dúvida se deve ou não reduzir a velocidade por causa da fiscalização eletrônica. Enquanto alguns condutores trafegam em alta velocidade, outros reduzem. Esse descompasso provoca acidentes. Em menos de uma semana, três pessoas morreram no local. Durante o feriado de Tiradentes, a Polícia Militar Rodoviária (PMR) orienta os motoristas e motociclistas a terem mais atenção.

 
Em nota, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informou que os radares nas rodovias estaduais estão desativados por causa de um término de contrato e que uma licitação que havia sido aberta foi suspensa pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). O DER busca uma revogação do edital para fazer uma nova licitação ainda neste mês de abril.
A PMR recomenda cautela a quem trafega pelo trecho. “Orientamos aos condutores que estejam transitando por onde existem esses radares desativados que tenham mais cuidado e prevenção no local, haja vista que para instalação do radar é feito um levantamento que gera a necessidade da existência desses equipamentos. Então, é preciso respeitar os limites de velocidades informados nas placas”, comentou o cabo Leandro Oliveira.

 

 

Confira a reportagem da MGTV.

 

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.