COMPARTILHAR

helenio laraUm avião monomotor caiu na tarde deste sábado (30) no Lago de Furnas, em Guapé (MG). Segundo o Corpo de Bombeiros, duas pessoas, pai e filho, morreram no acidente.

 

As vítimas, conforme o Corpo de Bombeiros, foram identificadas como Helênio Antônio Lara, de 55 anos e o filho dele, Samuel Henrique, de 17 anos. Helênio era empresário e engenheiro industrial em Itaúna (MG). Ele mesmo havia construído a aeronave por seis anos.

 

Segundo informações da família, neste sábado, pai e filho haviam saído de Pará de Minas, região Centro-oeste do Estado, para passear no Sul de Minas. À reportagem do G1, a família afirmou que os dois estavam na região para participar de um encontro de aviões em Furnas e que teriam tentado pousar o avião na água quando ele caiu, por volta de 15h.

 

Horas antes do acidente, Helênio informou os amigos através das redes sociais que estava sobrevoando o Lago de Furnas na companhia do filho. Um pouco antes, ele havia feito uma outra postagem em Pará de Minas (MG), onde informava que estava aguardando o tempo melhorar para levantar voo.

 

Segundo a assessoria de comunicação da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), a aeronave CB-12 Curumim II, de prefixo PU-HLA, estava registrada no órgão como aeronave experimental e, por isso, não registrava planos de voos.

 

O Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), órgão ligado à Aeronáutica, já foi acionado. Até que os técnicos do Cenipa cheguem ao local, os corpos não seriam retirados, conforme informou a Polícia Militar. Ainda não há informações sobre o que teria provocado o acidente.

(Nit com G1)

 

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.