COMPARTILHAR

camara-municipal1-300x295Semana de palestras foi uma oportunidade de conhecimento e participação democrática

 

 

Durante a última semana a Câmara Municipal de Itaúna realizou o primeiro “Plenário da Cidadania”. Em cinco noites a Casa de Leis abriu espaço para o conhecimento e a participação democrática.

 

 

Cinco palestras, com diferentes temas e profissionais permitiram à comunidade aprender e participar ativamente.

 

 

A última noite do Plenário da Cidadania trouxe como palestrante Euder Monteiro- Chefe do Cartório Eleitoral de Itaúna e o tema “Sistemas Eleitorais”.

 

 

Euder discursou a respeito da importância do voto e dos partidos políticos, sobre cidadania e sobre os processos eleitorais. “Somos obrigados a fazer várias coisas, educar, pagar, declarar e também temos o dever e o direito de votar. O cidadão tem que ter a consciência de que ele é quem define o destino do país.”

 

 

O palestrante falou sobre sistemas eleitorais, o conjunto de técnicas que nós criamos para registrar os votos dos eleitores e transformar em legitimidade para governar. “Não existe um sistema perfeito”, cada um apresenta vantagens e desvantagens. Euder defendeu que o Sistema Proporcional garante a representação dos partidos que são minoria política, dá voz também aos segmentos minoritários. “O Sistema Distrital apresenta mais desvantagens do que vantagens.”

 

 

A palestra foi também uma oportunidade para o Chefe do Cartório Eleitoral sugerir à comunidade que “respeitem a autoridade constituída seja o professor, vereador, seja a autoridade policial”. Ele frisou o quanto isso é importante para o perfeito funcionamento da sociedade, além de ser um dever do cidadão.

 

 

Os votos Brancos e Nulos foram assuntos da palestra. “Quem vota branco ou nulo está deixando que outra pessoa decida por ela. Esse voto é descartado. Se engana aquele que pensa que isso é uma forma de protestar.”

 

 

Euder falou ainda sobre a Urna Eletrônica, adotada no Brasil em 1996. “Posso garantir aos senhores que as urnas eletrônicas são muito seguras. Ainda que alguém tente fraudar, vai se esbarrar em muitos procedimentos.” O Chefe do Cartório Eleitoral ressaltou que as urnas são programadas com grande fiscalização.”Existem diversos sistemas de controle e qualquer alteração é imediatamente detectada.”

 

 

Para você invadir uma urna eletrônica terá que quebrar todos os sistemas de segurança dela, que não funciona em rede e sim isoladamente.”

 

 

“Há um aparente conflito entre a liberdade de expressão com as regras eleitorais”

 

 

Ao término da palestra o Presidente Francis Saldanha parabenizou e agradeceu a todos os palestrantes pela participação no Plenário da Cidadania e destacou ser essa uma forma deles demonstrarem atenção com a sociedade.

 

 

Francis destacou que o objetivo da Câmara foi de abrir espaço ao conhecimento e à participação. “A semente foi lançada, a Câmara Municipal de Itaúna cumpriu o seu papel, com reflexão de tantos temas valiosos. Eu estou com a consciência tranquila de que nós fizemos um excelente trabalho”.

 

 

A Câmara agradece a todos que colaboraram para o sucesso do primeiro “Plenário da Cidadania”.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.