COMPARTILHAR

fotoPrograma teve grande adesão dos proprietários das áreas beneficiadas. Objetivo é o plantio de mais de 90 mil mudas de árvores e o cercamento de matas ciliares e nascentes

 

 

No último dia 22 de junho, o prefeito Osmando Pereira da Silva se encontrou com produtores rurais da comunidade de Freitas na Escola Municipal do povoado. O objetivo da reunião foi apresentar e oferecer à população a oportunidade de participar como protagonista do desenvolvimento sustentável por meio do programa Plantando o Futuro. Na apresentação foram apontadas a recuperação ambiental de áreas degradadas, o acompanhamento do processo de plantio e cercamento junto aos proprietários.

 

 

A comunidade de Freitas foi escolhida por fazer parte da bacia do Ribeirão Serra Azul, que tem 10% de sua água destinada ao município por meio de sub-bacias. A região também possui muitas nascentes e uma vasta região de mata ciliar degradada que precisa ser recuperada. O projeto teve ampla aceitação pelos produtores e diversos apontamentos de fiscalização e acompanhamento da prática criminosa de queimada que estava ocorrendo em uma propriedade particular, o que vinha afetando outras fazendas e toda a extensão ambiental.

 

 

O projeto Plantando o Futuro, realizado pelo Governo do Estado por meio da Companhia de Desenvolvimento do Estado de Minas Gerais – CODEMIG – vai beneficiar Itaúna e região. Ao todo, serão plantadas 250 mil mudas distribuídas entre as cidades de Mateus Leme, Itaúna e Igarapé, 90 mil dessas mudas serão destinadas a comunidade de Freitas, além de serem feitos os cercamentos de nascentes e matas ciliares.

 

 

O trabalho

A iniciativa se pauta na ampla mobilização social, conscientizando a população para que se aproprie do projeto e participe ativamente do plantio, da manutenção e da fiscalização. A ação priorizará regiões com danos ambientais, nascentes de rios e seus afluentes e matas ciliares, bem como a arborização urbana. A implantação do programa tem potencial para beneficiar toda a população da região e evitar uma crise hídrica futura.

 

 

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), ficará responsável por começar os trabalhos de plantio e cercamento. O principal objetivo da entidade é promover o desenvolvimento sustentável, por meio de assistência técnica na área rural, assegurando a melhoria de qualidade de vida das comunidades do campo.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.