COMPARTILHAR

IMG-20160729-WA0048Agentes de Saúde visitaram todos os 64 bairros de Itaúna e recolheram volume superior a 520 toneladas de lixo
Iniciado no dia 1º de junho, o mutirão contra a dengue foi encerrado nesta sexta-feira, dia 29 de julho. Foram quase dois meses de trabalho pelas ruas de todos os 64 bairros da cidade, com a participação de 35 agentes de saúde, além de três supervisores. No total, foram recolhidas mais de 520 toneladas de lixo (em volume) que estavam alojados, em sua maioria, nas casas dos itaunenses.

 
Responsável pelo mutirão, Antônio Delgado ressaltou a importância do trabalho feito e alertou para que sirva de exemplo para que não haja novo acumulo como este. “Esperamos que com esta ação os focos do mosquito Aedes aegypti se reduzam e que a população faça sua parte. Com estas medidas esperamos não ter outra epidemia nas próximas chuvas”, frisou.

 
Além da equipe da Vigilância Sanitária, o SAAE também participou da ação recolhendo todo o material acumulado em cada bairro, dando a destinação correta a ele em seguida.

 
O mutirão acabou ajudando também em outra frente. Sem o entulho nas casas e lotes, os ratos e outros animais peçonhentos perderam seu habitat. Antes, a Vigilância Sanitária recebia, em média, cerca de 20 ligações por dia relacionadas a este tipo de animal. Atualmente, este número chegou a quase zero, reforçando que é preciso a conscientização das pessoas para que este e outros problemas sejam minimizados.

 

 

Fotos do mutirão desta sexta-feira, 29/07, no bairro das Graças e no bairro São Judas Tadeu

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.