COMPARTILHAR

WhatsApp ImageO Prédio da Prefeitura de Itaúna foi vendido nesta sexta-feira 05/08/16 por R$ 9.510.000,00 (Nove milhões e quinhentos e dez reais mil reais). Somente uma empresa, a C.M.C. Companhia Mineira de Concentração de Minérios Ltda. fez proposta e arrematou o prédio. A previsão feita pela Prefeitura de Itaúna á época do envio do projeto à CMI era que o prédio fosse vendido entre R$ 12 e R$ 14 milhões. Portanto o valor ficou por menos de 70% da previsão mais otimista. De acordo com a PMIA avaliação do prédio em 9 milhões e 500 mil reais, feita pela Prefeitura de Itaúna, foi superior a avaliação feita por três imobiliárias da cidade: Solar Imóveis, Humberto Imóveis e Morada, que avaliaram o imóvel abaixo de 9 milhões de reais.

 

A empresa compradora pagou de entrada R$ 475.000,00 e aguardará o prazo de contestação, não existindo o comprador realizará mais um depósito no valor de R$ 2.710.500,00 o restante poderá ser parcelado até 10 vezes. A Prefeitura terá 13 meses de prazo para entregar o prédio, período no qual não apagará aluguel . O objetivo é construir o prédio principal e transferir a estrutura da prefeitura neste prazo.

 

A construção é de estruturas pré-moldadas, de rápida execução.
Os recursos da venda do prédio estarão aplicados em conta específica para esta finalidade e somente serão usados para o objetivo da construção da nova sede.

 

Quadro Societário da Empresa Compradora:

Nome: Dilson Fonseca Da Silva – Qualificação: Sócio-Administrador
Nome: Kassio Fonseca Ferreira- Qualificação: Sócio
Nome: Kelly Fonseca Ferreira – Qualificação: Sócio

 

Relembre como foi aprovada a venda pela CMI

A Câmara de Itaúna aprovou, em reunião extraordinária realizada no dia 22/12/2015, a venda do atual prédio da Prefeitura, por 10 votos a 6. Conforme emenda aditiva, o valor arrecadado será usado para custear as obras da nova sede, que será construída no Bairro Morro do Sol, em área institucional doada pelo loteador do empreendimento imobiliário na região.

 

Votaram contra o projeto de venda da atual sede da prefeitura os vereadores

  • Marcinho Hakuna
  • Hudson Bernardes
  • Adãozinho do SAAE
  • Joel do Grupo de Oração
  • Giordani Alberto
  • Palmira Feliciano

A favor votaram:

  • Alex Arthur
  • Tonho da Lua
  • Gleison Fernandes
  • Hélio da Mercearia
  • Leo Bala
  • Lucinho de Santanense
  • Mauricio Aguiar
  • Nilzon Borges
  • Pastor Gil
  • Edinho de Santanense

O vereador Francis Saldanha como presidente não vota, mas se manifestou a favor do projeto de lei.

 

 

 

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.

10 COMENTÁRIOS

  1. Vamos a um simples cálculo matemático.
    O aluguel a ser pago pela prefeitura, será inicialmente de 35.000,00 R$ mes. A construção do novo prédio, por mais rápido que seja, levará de 3 a 4 anos ou nunca será concluído. Se tres anos o aluguel total pago será de aproximadamente 1.400.000,00 R$, adicionando os reajustes anuais. Este valor corresponde a 15% do total a ser pago pelo comprador. No pior da hipótese, se não concluir a nova sede em dez anos, (nem tive o trabalho de fazer cálculos), a prefeitura terá ficado sem o prédio e devolvido todo dinheiro pago ao comprador. Conclua voce foi um bom negócio?

  2. Infelizmente perdemos mais um prédio histórico de Itaúna o qual nem se ima
    gina o que será dele futuramente. O pior é ter sido vendido por um preço abaixo sem saber se vai construir outro prédio pior ainda é pagar um alúguel de valor tão alto durante tanto tempo sem saber se vai dar conta de fazer novo prédio. O que se faria c este valor em benefício p cidade principalmpente na saúde e educação. Que será do proximo prefeito já entrar com esta divída todo mês. UM ABSURDO

  3. Boa noite. Tem sido falado nos presentes comentários que o valor da venda do prédio foi baixo, seria interessante que essas pessoas se inteirassem da realidade dos fatos antes de tecerem comentários equivocados, para não dizer, mentirosos. O valor da venda do prédio foi superior à todas as avaliações realizadas por imobiliárias respeitadas de nossa cidade. O valor obtido com a venda do prédio é suficiente para a construção do primeiro prédio da nova sede administrativa, que abrigará tudo que existe no atual prédio, além de seis outros órgãos, que hoje, pagam aluguéis. Além disso, sobrarão ainda cerca de dois a três milhões, para se iniciar o segundo prédio. A presente alienação representa, sem sombra de dúvidas, um grande passo rumo ao progresso de nossa cidade. Maiores informações, procurar a Secretaria de Administração. Grande abraço.

  4. Bom negócio apenas para os participantes da hasta “pública”.Jogo de cartas marcadas em que , mais uma vez, o povo itaunense saiu no prejuízo!

  5. Itaúna, precisa de descentralizar e desafogar o movimento na praça Dr. Augusto Gonçalves. Hoje tudo esta centralizado;ou seja; prefeitura, forum, matriz, bancos,delegacia,escritórios contábeis, de advogacia, engenharia e profissionais liberais, etc. O transito fica difícil e falta vagas para estacionamento. Desta forma a saída da prefeitura e futuramente do forum, vai aliviar bastante este movimento. Outro detalhe é que o atual prédio público, não espaço suficiente para comportar o volume de atendimentos de todas as secretarias e atendimento ao público, sendo necessário o aluguel de outros imóveis dispersos o que dificulta o atendimento aos munícipes e gera mais despesas. A cidade precisa evoluir e um novo prédio moderno que atenda a demanda é sinônimo de quem tem uma visão futurista e quer o desenvolvimento da cidade.

  6. Vamos a um real cálculo matemático: O aluguel a ser pago pela prefeitura, será inicialmente de 35.000,00 R$ mês (porém esse inicialmente será a partir de 12 meses após a compra conforme consta no edital). A construção do novo prédio, por mais rápido que seja, levará de 3 a 4 anos ou nunca será concluído (visão muito equivocada e pessimista, mas vamos lá!). Se três anos o aluguel total pago será de aproximadamente 1.400.000,00 R$, adicionando os reajustes anuais. (E os nove milhões e meio? Vai ficar parado na conta da prefeitura? Não será aplicado? Esse dinheiro vai render pelo menos 1% ao mês, sendo bem conservador, então teremos R$95.000,00 por mês de renda…)Este valor corresponde a 15% do total a ser pago pelo comprador.(E o valor de R$95.000,00 mês corresponderá em 3 anos a R$3.420.000,00 contra 2 anos de aluguel R$840.000,00 – temos um superávit de R$ 2.580.000,00,lembrando que nesses 3 anos a prefeitura vai pagar apenas 2 de aluguel conforme edital) Na pior da hipótese, se não concluir a nova sede em dez anos, nem tive o trabalho de fazer cálculos, a prefeitura terá ficado sem o prédio e devolvido todo dinheiro pago ao comprador. (ai que burro! dá zero pra ele!) Conclua voce foi um bom negócio´? Conclusão: Foi bom não, foi ótimo, excelente! Deixamos um prédio velho, sem acessibilidade, sem rota de fuga em caso de incêndio, sem infraestrutura pra crescimento, sem estacionamento, sem possibilidade de concentração dos serviços da prefeitura, num terreno de 1500 m2 para um local de 15.000 m2 que terá tudo isso que falta na antiga sede e muito mais e ainda vai promover e impulsionar a criação de um novo bairro, gerando mais IPTU, mais ITBI, etc…esse IPTU + ITBI está na casa de milhões para o município e no final teremos uma sede com valor aproximado de R$40.000.000,00. É, realmente, será que foi um bom negócio?

  7. Bem….o calculo nao pode ser assim…tem o rendimento do dinheiro da venda que serâ aplicado, que por baixo será 95000,00 mes, o aluguel da antiga sede somente começará a ser pago daqui a 12 meses conforme edital, o predio atual nao atende acessibilidade, corpo de bombeiros, nao tem estacionamento, nao tem possibilidade de melhoramento na infra tecnológica, não comporta todos os órgãos da prefeitura
    .etc… a nova sede comtemplarâ tudo isso e vai valer por baixo 30 milhões. Entao foi um ótimo negócio para o município!

  8. Concordo com o Juliano, qualquer aplicação LCI ou LCA gera 1% ao mês. Até a construção teremos rentabilidade.
    E maism quero ver o Marcinho e o Hudson criticarem agora, visto quem são os compradores, vão ficar caladinhos q nós sabemos, Igualmente os candidatos a prefeito.

Comments are closed.