COMPARTILHAR

NeiderMais creches, mais acesso à educação infantil e a reestruturação da saúde da família são compromissos da Campanha 55 com as itaunenses

 

 

“Uma sociedade com participação mais efetiva da mulher é, sem dúvida, uma sociedade mais justa e mais fraterna”. Assim o candidato a prefeito Neider Moreira abriu o encontro com lideranças femininas na Casa 55, na noite da última quinta-feira, 25 de agosto. Com a presença de mais de 90 mulheres, Neider e Fernando Franco destacaram a importância da participação feminina na tomada de decisões públicas, abordaram a necessidade de valorizar e resgatar as políticas de promoção da saúde, de segurança e do bem estar da mulher e defenderam a criação de um órgão para atender as demandas das itaunenses.

 

 

 

Neider enfatizou a necessidade de revitalizar a Coordenadoria da Mulher e estruturar um setor que crie e atue na defesa dos direitos das mulheres, sejam elas, recém-nascidas, jovens, mães ou idosas. “Vamos criar na estrutura administrativa um órgão de valorização da mulher. A implantação de novas ferramentas de gestão é que vai permitir a execução de projetos sociais que atuem na valorização da saúde da mulher, com estratégias para a promoção da saúde e prevenção de doenças, que contribuam para a fim da violência doméstica e que amplie o acesso às creches e à educação infantil em tempo integral.

 

 

Mais creches

Neider questionou a capacidade da atual administração em gerir os recursos públicos. O candidato lembrou que três obras de construção de novas creches estão paradas no Município. No Cidade Nova, Santa Edwiges e Itaunense as mães esperam por mais vagas para matricularem seus filhos. “Hoje vivemos uma realidade em que muitas mulheres são a principal fonte de renda da família. É preciso respeitar essa condição e agir com seriedade para que a Prefeitura cumpra seu papel social e ofereça escola de qualidade enquanto as mães encaram a jornada de trabalho”, defendeu.

 

 

 

Neider também defendeu a reestruturação da escola em tempo integral e falou da importância de projetos como o Escola Aberta, encerrado pela atual administração.

 

 

Saúde da mulher

O médico ginecologista e obstetra, Iwens Moreira, participou do encontro e expôs uma realidade cruel para a saúde das famílias. “Há 10 anos a saúde da mulher sofre com significativas pioras. O pré-natal e todos os serviços que englobam o acompanhamento gestacional foi retirado de uma ala do Hospital, onde hoje é o banco de leite, e descentralizado para as unidades básicas de saúde. Nas unidades de ESF não há obstetra para todas as pacientes e em muitos casos o acompanhamento do pré-natal é falho”, denunciou o médico.

 

 

Segundo Neider, é urgente a necessidade de centralizar novamente os atendimentos pré-natal em um espaço que seja capaz de oferecer um tratamento digno e humanizado às futuras mamães. “Resgatar a saúde, em especial a saúde da mulher. Oferecer acesso aos serviços básicos e englobar uma política que atenda casos de gravidez de alto risco, o que não existe em Itaúna, é uma prioridade do nosso governo”, destacou Neider.

 

 

“É preciso cuidar com mais carinho e dar mais atenção à saúde da mulher. Enquanto deputado, consegui junto ao governo do Estado a doação de aparelhos e equipamentos para a implantação de uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Neonatal para o Hospital Manoel Gonçalves. A ala atenderia gestantes e bebês em casos de urgência. Porém, não houve a contrapartida necessária da administração municipal e o serviço não funcionou. As grávidas que contariam com serviços especializados em caso de gravidez de risco continuam dependentes de leitos em Divinópolis e em cidade menores que Itaúna, como Pará de Minas, Oliveira e Formiga”, completou Neider.

 

 

Mamografia

As dificuldades para a realização de um exame de mamografia também foram expostas pelas mulheres. “É um absurdo, em uma cidade do tamanho de Itaúna, as mulheres terem que marcar exames e irem à Betim, passar o dia em uma van, para conseguir fazer um preventivo ou um acompanhamento”, destacou Tânia Regina Araújo.

 

 

Neider endossou a reclamação de Tânia e completou. “Não podemos mais aceitar essa realidade, uma cidade que forma médicos e profissionais da área da saúde todos os anos, que conta com recursos para oferecer serviços públicos mais eficientes aos seus cidadãos, não conseguir executar exames simples e corriqueiros. Precisamos de uma reestruturação no setor da Saúde, criar políticas públicas factíveis e que vão, efetivamente, beneficiar e aumentar a qualidade de vida da mulher itaunense”, completou.

 

 

Terceira Idade

Fernando Franco ressaltou a importância de repensar a assistência às famílias com pessoas idosas e criar espaços públicos de convivência e lazer para a melhor idade. Ele foi aplaudido e recebeu apoios. “Estamos sem lugar para cuidar do Idoso. Tenho uma mãe que gostaria de contar com mais opções de lazer e acolhimento”, ressaltou uma participante.

 

 

 

O candidato 55 disse que é preciso criar um centro de acolhimento para a terceira idade. Um local de convivência que ofereça atividades diurnas e diárias aos idosos e aposentados para que eles tenham mais acesso ao lazer, às atividades recreativas e mais qualidade de vida.

 

 

Participações

A decoradora Roberta Nágela elogiou a iniciativa e destacou a oportunidade que as mulheres tiveram para discutir o próprio futuro e planejar, junto com os candidatos, políticas públicas que sejam eficientes e tratem a mulher com dignidade. Para Roberta, o encontro foi importante e mostrou a força de Neider Moreira e Fernando Franco com o eleitorado feminino. “É gratificante a gente ver que as mulheres, lideranças sociais e de classe, funcionárias públicas, donas de casa, trabalhadoras autônomas, mães, esposas e filhas estão juntas nessas eleições com Neider Moreira e Fernando Franco”, afirmou.

 

 
FOTOS: Daniel Oliveira

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.