COMPARTILHAR

foto2012311233634Um grupo de pessoas espalhou na cidade cartazes difamando o concurso público e outras se dirigiram ao local das provas para causar confusão

 
Na manhã de domingo muitas pessoas acordaram cedo para se dirigir com antecedência ao local de provas do concurso da Prefeitura de Itaúna. Pessoas comprometidas com um ideal: conseguir a estabilidade e a realização do sonho de trabalhar em um órgão público. Um outro grupo de pessoas, bem menor, também acordou cedo no domingo preocupado com o concurso da Prefeitura de Itaúna. Ao contrário de quem se preparou para as provas, este grupo tinha como ideal causar confusão e tumulto. Estas pessoas espalharam cartazes pela cidade logo cedo lançando dúvidas sobre o concurso que foi feito atendendo a todas as exigências legais.

 

 

Outros integrantes do grupo se dirigiram ao local das provas apenas para gerar tumulto. Uma destas pessoas, que disse ser namorada de outra que iria fazer o concurso, estava gritando na entrada da Universidade de Itaúna, onde as provas foram aplicadas. Ela não conseguiu dizer quem era a namorada e nem qual era a inscrição dela, mas ficou lá gritando, gerando intranquilidade e causando confusão e tumulto.

 

 

Quem não pôde entrar
Apenas pessoas que chegaram atrasadas não puderam fazer as provas, conforme foi amplamente divulgado e como é de praxe em qualquer concurso em qualquer lugar do Brasil e do mundo. Os candidatos precisam chegar com antecedência para a realização das provas. Algumas pessoas tiveram problemas por não levarem caneta esferográfica na cor preta.

 

 

Conforme previsto no item 12.4 do edital, de forma clara, o candidato deveria se apresentar no local da prova com antecedência mínima de 40 minutos do horário previsto para o fechamento dos portões que estava previsto para as 8h40, na parte da manhã, e 13h40 para a parte da tarde, munido de caneta esferográfica preta transparente e do comprovante de inscrição e documento de identidade, portanto, o candidato não podia alegar desconhecimento dessa condição.

 

 

 

Um semanário da cidade, conhecido por inventar mentiras contra a administração pública, divulgou nota no facebook afirmando que vários candidatos teriam sido barrados mas não informa que o motivo foi o atraso.

 

 

Lamentamos profundamente que algumas poucas pessoas prejudiquem a tranquilidade de um concurso público cuidadosamente elaborado para o qual milhares de pessoas se prepararam com seriedade e antecedência. Desejamos a todos os candidatos boa sorte e que consigam realizar o sonho de se tornar servidor público municipal em Itaúna.

 

 

A Prefeitura de Itaúna, junto à Polícia Militar, irá investigar os fatos, dada a gravidade dos mesmos, e já está providenciando o acionamento do Ministério Público.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.