COMPARTILHAR

img-20160901-wa0082Com cinco PSF’s construídos somente nesta gestão, candidato 45 enumerou estas e outras benfeitorias, além de apresentar um planejamento baseado na realidade para fazer ainda mais por Itaúna
Foi realizado nessa quarta-feira, 31 de agosto, o debate entre os candidatos a prefeito de Itaúna na Câmara Municipal. Durante o evento, a população pôde conhecer mais de Osmando e suas propostas para a área. Osmando mais uma vez mostrou ser a opção certa para administrar Itaúna. Falando com segurança e conhecimento de causa, o prefeito e candidato da Coligação 45 elucidou a situação da Saúde no município e afirmou: “Valorizo a prata da casa. Agradeço aos profissionais da Saúde, que são comprometidos com o município e sua população. Faço aqui justiça a todos eles. Eles são profissionais motivados e fazem muito por todos nós. Obrigado!”
Osmando enfatizou as obras do setor feitas ao longo de seus mandatos e enfatizou aquelas da atual gestão. “Fizemos 18 PSF’s em meus mandatos, cinco deles foram construídos somente nesta gestão, mesmo em meio à crise. Quando assumi novamente, cuidamos inclusive da estrutura de todos eles, pois alguns estavam deteriorados e sem material para os profissionais trabalharem. Se seguir na prefeitura farei mais cinco PSF’s, e com eles teremos atingido a totalidade da população de Itaúna.”
Além das benfeitorias ligadas aos PSF’s, o candidato 45 falou da importância das parcerias para consolidar um serviço de qualidade no município: “Um importante projeto para a área é a parceria entre Universidade, Prefeitura e Hospital. E nós já conseguimos fazer com que a Universidade de Itaúna, novamente, voltasse a fazer parte do Conselho Hospitalar. Nosso maior trabalho hoje é criar um viaduto entre as esferas do poder para que haja mais financiamento na Saúde de Itaúna. Consegui, por meio de recursos enviados por deputados estaduais, federais, Ministério das Cidades e outros órgãos, muita verba para custear a área. Fiz muito pela cidade com pouco, pois vivi durante este mandato uma crise financeira que assola o país.”
Questionado sobre o Plantão 24 horas, Osmando não titubeou. “Ao assumir o Plantão 24 horas, tiramos o local das páginas policiais e praticamente dobramos o número de atendimentos. A crise financeira fez com que a demanda do município junto ao SUS aumentasse e enfrentamos esse cenário de cabeça erguida, pois temos uma equipe competente, motivada e séria. Não tenho hoje no quadro de profissionais da Prefeitura, funcionário com processo. Nós conseguimos reaver o convênio federal para a criação de uma UPA, mas o Hospital não teria condições de arcar com o Plantão 24 horas. Então, pensando no Hospital e na população, investimos no Plantão por acreditar que essa é a coisa certa a se fazer.” Ao fim do debate, Osmando foi aplaudido por todos os presentes, numa demonstração clara de quem apresentou melhores propostas e mais conhecimento sobre administração pública.
Valorizar o profissional e enfrentar os momentos difíceis de Itaúna são marcas de Osmando, que resolveu problemas da cidade em diversos períodos de dificuldades. A crise financeira não abalou o prefeito 45, que trabalhou com responsabilidade e afinco para prover um atendimento de qualidade na área da Saúde em toda Itaúna. O trabalho está aí para todo o mundo ver.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.