COMPARTILHAR

img_1959Entre os dias 9 e 15 de outubro, a cidade receberá a 7ª edição do Femudiv – Festival Nacional de Música de Divinópolis. Oficinas de violino, violoncelo e viola de arco, voltada para artistas, estudantes ou amantes da música, além de uma série de apresentações públicas e gratuitas para a comunidade.
As inscrições para as oficinas podem ser feitas até o dia 1º de outubro, pelo site femudiv.com.br

 

O FESTIVAL
Músicos, estudantes e apreciadores da música clássica selarão um encontro com professores de renome internacional para criar novas possibilidades, gerar conhecimento, informação e cultura para a nossa cidade.
As seis edições anteriores surpreenderam pelo ineditismo das ações para a realidade local. “O Festival caminha para a sétima edição, com a convicção de que estamos contribuindo para a história de nossa cidade, levando a arte, como um instrumento de transformação cultural e social”, afirma Walter Caetano, idealizador e diretor do projeto.
Nesta edição, o Femudiv conta com o patrocínio da Unimed Divinópolis, com o apoio Fundo Estadual de Cultura, Governo de Minas, BDMG Cultural, Rotary Clube Divinópolis, TV Integração, Chefs Sabores de Minas, Hotel Excellence e Gráfica Cometa.

 

OFICINAS MUSICAIS
Músicos de todo o Brasil se encontram em Divinópolis para troca de experiências e aperfeiçoamento musical nas oficinas oferecidas, que nesta edição serão ministradas por professores de renome e grande prestígio no meio cultural. O festival oferece vagas limitadas nas oficinas de violino, viola de arco, violoncelo, e também violino Suzuki.
Todas as oficinas serão realizadas na sede da E.E. Padre Matias Lobato, situada na Praça Benedito Valadares, Centro, em Divinópolis, com início no dia 9 de outubro, domingo, às 8h30s.

 
As inscrições podem ser feitas até o dia 1º de outubro, pelo site femudiv.com.br

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.