COMPARTILHAR

ms_vacinacao_mub_120x180O objetivo da Secretaria de Saúde é superar o número de 4 mil crianças vacinadas. PSFs estarão abertos de 8h às 17h no sábado.

 
Começou nesta segunda-feira, 19/09, em Itaúna e em todo país a Campanha Nacional de Multivacinação para atualizar a caderneta de vacinação de crianças e adolescentes. O público-alvo da mobilização é composto de crianças menores de 5 anos, crianças e adolescentes de 9 anos a 15 anos com atenção especial para meninas de 9 a 15 anos para a vacinação contra o HPV.

 

 

O Dia D de mobilização nacional está marcado para o próximo sábado, 24/09. Os postos estarão abertos de 8h às 17h para atender aos que tiverem dificuldades de comparecer em horário comercial. A vacinação está sendo realizada também durante a semana, das 7h ás 16h, em todos os PSFs da cidade. A campanha também vai acontecer nas comunidades rurais e segue até o dia 30 de setembro.

 

 

O objetivo da ação é combater a ocorrência de doenças imunopreveníveis na cidade e reduzir os índices de abandono à vacinação – principalmente entre adolescentes.

 

 
Confira o cronograma de vacinação nas áreas rurais:

 

Terça-feira (20/09)

 

-Local: Barragem

 

Quarta-feira (21/09)

 

-Local: Calambau e Carneiros

 

Quinta-feira (22/09)

 

-Local: Córrego do Soldado

 

Sexta-feira (23/09)

 
-Local: Mato Grosso, Arrudas e Cachoeirinha

 

Segunda-feira (26/09)

 

-Local: Paulas e Pedras

 

Terça-feira (27/09)

 

-Local: Lopes e Campos

 

Quarta-feira (28/09)

 

-Local: Retiro dos Farias e Vista Alegre

 

Quinta-feira (29/09)

 

-Local: Brejo Alegre

 
Mudanças no calendário de vacinação

 
Em janeiro deste ano, o Ministério da Saúde alterou o esquema vacinal de quatro vacinas: poliomielite, HPV, meningocócica C (conjugada) e pneumocócica 10 valente. O esquema vacinal contra a poliomielite passou a ser de três doses da vacina injetável (2, 4 e 6 meses) e mais duas de reforço com a vacina oral. Até 2015, o esquema era de duas doses injetáveis e três orais.

 

 

Já a vacinação contra o HPV passou de três para duas doses, com intervalo de seis meses entre elas para meninas saudáveis de 9 a 14 anos. Meninas de 9 a 26 anos que foram diagnosticadas como soropositivos devem continuar recebendo o esquema de três doses.

 

 

No caso da meningocócica C, o reforço, que era administrado aos 15 meses, passou a ser feito preferencialmente aos 12 meses, podendo ser feito até os 4 anos. As primeiras duas doses continuam sendo realizadas aos 3 e 5 meses. A pneumocócica sofreu redução de uma dose e passou a ser administrada em duas (2 e 4 meses), com um reforço preferencialmente aos 12 meses, mas que pode ser recebido até os 4 anos.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.