COMPARTILHAR
Sangue da veia
Sangue da veia

A morte de uma técnica em enfermagem, de 38 anos, em Itaúna está sob investigação depois de um acidente com uma agulha, já utilizada em um paciente, ocorrido no dia 13 de setembro, durante o período de trabalho, dentro do Pronto Socorro Municipal (PSM) de Itaúna. A profissional morreu nesta quinta-feira (22), no Hospital Eduardo de Menezes em Belo Horizonte.
A assessoria da Prefeitura de Itaúna, que administra o PSM, informou que a mulher passou por uma bateria de exames sorológicos preconizados de anti-HIV, Hepatite B e Hepatite C e os resultados foram negativos para possíveis infecções. Entretanto, ainda assim a morte está sendo investigada.
Por meio de nota, o PSM informou também que a técnica de enfermagem, não tinha histórico conhecido de doença crônica. Na ocasião do acidente, além da enfermeira, o paciente envolvido também passou pelos mesmos exames e os resultados foram negativos. Uma semana depois, exames complementares evidenciavam na mulher, plaquetopenia, leucopenia e distúrbio de coagulação.
“A técnica em enfermagem recebeu suporte clínico, antibioticoterapia de amplo expectro, aminas vasoativas, hemotransfusão de plasma e plaquetas, mas evoluiu com choque refratário. Foi transferida para o Hospital Eduardo de Menezes em Belo Horizonte, que é um hospital especializado em doenças infecto-contagiosas, onde veio a falecer pouco após a admissão naquele hospital”, disse o PSM.
A unidade ainda disse que aguarda resultados dos novos exames que foram colhidos no Hospital Eduardo de Menezes para determinar a causa da morte.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.