COMPARTILHAR

404itauna_gentileza_convite_15x10cm36609“ Não usem problemas; não usem pobreza; usem amor e gentileza”. Profeta Gentileza

 

 

A noite de quarta-feira foi de comemoração para alunos da Rede Municipal de Ensino. A Câmara Municipal de Itaúna realizou a entrega do Troféu + Gentileza aos 05 ganhadores do Concurso de Slogans e Desenhos.

 

 

O Plenário do Legislativo Itaunense recebeu alunos, familiares, educadores e sociedade para acompanhar a estrega da premiação aos vencedores. Os alunos das 17 escolas municipais de Itaúna confeccionaram os trabalhos durante os últimos meses, junto com uma série de outras atividades relacionadas à motivação da gentileza, como “contação de histórias”, roda de conversas, brincadeiras, música, poesia, parlendas, jogos, dinâmicas e palestras.

 

 

O Presidente da Câmara Municipal de Itaúna, vereador Francis Saldanha falou sobre o que motivou a realização desse projeto. “A quantidade de crimes na cidade e a banalização da violência nos chamou à responsabilidade de agir, de fazer alguma coisa”. Francis lembrou que no início do Projeto no ano passado, que agora virou lei, identificou os pilares principais a serem trabalhados para o combate à violência: família e educação. O Presidente ressaltou ainda que o concurso realizado pelos alunos tem como premiação principal a geração de gentileza, um prêmio para toda a sociedade.

 

 

Parceria por + Gentileza

O evento de premiação foi feito em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec), que inclusive fez a seleção dos slogans e desenhos vencedores. A Secretária Municipal de Educação Maria Virgínia Morais ressaltou ser este “um projeto que não se deve encerrar e sim melhorar a cada dia”. A Secretária parabenizou o Presidente Francis pela iniciativa. Ela declarou ser de extrema importância não só as crianças, mas cada um de nós, pensarmos mais nesta questão da + gentileza – violência. “Se nós queremos viver em um mundo melhor, nós temos que buscar o melhor que existe dentro de cada um de nós. E fazer com que nossas crianças também aprendam a colocar o melhor que elas têm dentro delas para fora”.

 

 

A Coordenadora de Projetos Pedagógicos da Semec, Lucimara cunha disse ter ficado muito feliz em fazer esta parceria com a Câmara. “Fiquei muito feliz, porque é o que o mundo mais precisa. De amor, paz e gentileza”. Nós desenvolvemos o projeto e colocamos para as diretoras, as pedagogas e os professores e foi muito bem aceito, muito bem desenvolvido”.

 

 

A Secretaria Municipal de Esportes também é parceira no evento e na premiação. O Secretário Faiçal Chequer Filho parabenizou as escolas pelo envolvimento e agradeceu à Câmara por idealizar este Projeto que “com certeza vai fazer diferença na vida de cada criança, aluno, que na verdade é o nosso futuro”.

 

 

O Prefeito em Exercício e vereador eleito Antônio de Miranda parabenizou pela iniciativa deste brilhante evento e alertou que a melhora do país se passa pelo investimento em educação. Ele cumprimentou a todos envolvidos no processo e destacou que “como vereador para o próximo mandato, já me sinto convocado a dar continuidade nesse projeto”.

 

 

Nota 10 na busca pela paz

 

 

O Concurso do Projeto + Gentileza foi feito como experiência inicial no ano passado, na Escola Municipal Dona Maria Augusta de Faria, alcançando excelentes resultados, como ressaltou a educadora Maria Lúcia. Ela lembrou como a escola abraçou o projeto, envolvendo toda a entidade e disse que “a recompensa logo veio em forma de pequenas gentilezas dos nossos alunos: flores distribuídas por eles, palavras gentis e gestos agradáveis”. Como forma de ampliar os benefícios, surgiu a ideia de criar um amigo oculto entre os educadores da escola. “Nosso amigo oculto transformou-se em anjo oculto. Uma forma gentil de proteger nosso amigo”.

 

 

Acompanhe alguns depoimentos de educadoras sobre o projeto

 

Neste no o concurso foi ampliado para todas as escolas municipais. E a nota 10 garantiu a aprovação.

 

A pedagoga da Escola Municipal Padre Waldemar, Maria Aparecida Salomé agradeceu à Câmara pela maravilhosa iniciativa. Ela destacou que a ideia foi lançada e todos contribuíram muito para a realização e o êxito do projeto na escola. Salomé citou alguns objetivos do Projeto: “ Resgatar a essência da pessoa como ser humano, menos egoísta, menos individualista e menos materialista. Conscientizar e estimular nossas crianças para uma busca ou a manutenção de valores fundamentais para uma convivência mais saudável, mais humana e mais fraterna. “Foi fantástica a realização deste projeto”.

 

 

A Escola Municipal Augusto Gonçalves foi representada no evento pela diretora Samanta Antunes. Ela parabenizou a Câmara e as Secretarias pela iniciativa. No depoimento ela destacou: “Começamos uma reflexão sobre ser gentil não só dentro da escola, mas também na sua casa, na rua, no bairro, no trânsito e em todos os lugares onde as crianças pudessem ser multiplicadoras. ”

 

 

A diretora da Escola Municipal Souza Moreira, Taísa Nogueira, lembrou que, “com boas atitudes eu faço a diferença”. Ela destacou que o projeto foi recebido pelos educadores da escola com muito entusiasmo e destacou as parcerias com pais e até com ex-professores. “O concurso e o reconhecimento do trabalho desenvolvido por um dos nossos alunos, veio coroar um trabalho que vai muito além do que imaginamos podermos alcançar”.

 

 

A diretora Adjunta da Escola Municipal Dr. Lincoln Nogueira Machado, Juliana Moreira classificou o Projeto + Gentileza – violência como visionário e defendeu que “ser gentil faz a diferença e a educação, paciência e tolerância são quesitos importantíssimos para o convívio social e para a promoção de uma sociedade saudável”.

 

 

A diretora da Escola Municipal Modestino Francisco Rabelo (Vista Alegre), Maria Aparecida Ramos, classificou o tema do projeto como bastante relevante para os nossos estudantes, pois trata da intolerância, desrespeito às diferenças e discriminação”. Ela citou algumas atividades desenvolvidas pela escola relacionadas ao projeto: roda de conversa, “contação de histórias”, brincadeiras, jogos, fábulas, trabalhos com recortes. Ambos como forma de criar alunos multiplicadores da gentileza.

 

 

A diretora da escola Municipal Artur Contagem Vilaça, Tânia Cristina ressaltou que “através do projeto vimos brotar nos corações de nossas crianças a semente da paciência, da tolerância, do respeito, da compaixão e do amor. ”

 

 

A Escola Dona Dorica (Granja Escola São José) foi representada pela diretora Rosângela Rodrigues. Ela destacou que “hoje têm-se uma carência muito grande de boas maneiras, de gentilezas, de ‘palavras mágicas’ como a gente sempre tratou com os pequenininhos. Ela relatou a grande satisfação em fazer parte de uma das escolas vencedoras. “A gente ficou feliz com a surpresa e principalmente por ser o Jonatas. A família dele ficou muito feliz também”.

 

 

A Coordenadora Educacional da Escola Municipal Eduardo Gomes (Brejo Alegre), Joelma Andrade destacou que “este projeto terá continuidade através de ações como teatro, atividades lúdicas, ‘Caixa dos Sentimentos’, o Manual da Gentileza, o pedir desculpas, aprender a escutar e respeitar a opinião dos outros,…”

 

 

O maior prêmio: a paz

 

Os 05 alunos vencedores do Concurso de Slogans e Desenhos receberam um troféu e um brinde da Câmara. E como forma de partilha, está programada para as turmas dos alunos vencedores, a participação em um dia de lazer na AABB- Associação Atlética Banco do Brasil, com apoio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura e Secretaria Municipal de Esportes.

 

 

Além disso, os alunos deverão assistir a uma sessão de cinema em Itaúna, no Clube União.

 

 

O Presidente Francis Saldanha lembrou que “a premiação deste trabalho não é um brinde que você entrega para a criança, não é um presente, não é um jogo. A premiação é a redução da violência. A forma de premiar é simplesmente um fator motivador”. Ele ressaltou esperar que este trabalho prossiga na busca de uma sociedade de paz.

 

 

Os alunos premiados foram:

 

Desenhos:

Larissa Cristhine Nogueira dos Santos e Pietra Santos de Macêdo – Escola Municipal Dr. Lincoln Nogueira Machado

 

Mylena Silva de Oliveira- Escola Municipal “Modestino Francisco Rabelo”

 

Slogans:

 

– “Deixe a violência para trás, fique com a gentileza e tenha paz.”- : Pedro Ryan da Silva Moura- “Escola Municipal Souza Moreira”

 

Outro ganhador foi o aluno Jonatas César Marra, da Escola Municipal Dona Dorica. A frase criada foi: “Gentileza vivida é devolvida pela vida.”

 

Ele relatou que o concurso ajuda a praticar a gentileza. ‘ Eu cheguei na escola aí a professora falou: “Você dá conta de desenhar?”, aí eu falei: ‘Dou’, aí ela falou: ‘Então desenha ou escreve aí pra mim’. Aí eu escrevi. Não sabia que eu ia ganhar e eu ganhei”.

 

Alguns trabalhos feitos pelos demais alunos foram selecionados e estão expostos na Câmara Municipal de Itaúna. A exposição pode ser visitada até quinta-feira (17/11/16).

 

Repertório gentil

 

Além dos depoimentos e da premiação, o evento contou com uma atração cultural. O Coral Infantojuvenil de Itaúna apresentou canções, através de 20 coralistas, coordenados pela musicista Juliana Lima e acompanhados pelo violonista Leandro Henrique.

 

No repertório, músicas que alegram e também são motivadoras da Gentileza:

 

– Alô, galera! – Thelma Chan

– Amazing Grace – John Newton

– Anel Mágico – Marcus Vianna

– Benke – Milton Nascimento / Márcio Borges

– Bola de meia, bola de gude – Milton Nascimento / Fernando Brant

– Estrela, estrela – Victor Ramil

 

 

Ações pela Paz

 

 

O Projeto + Gentileza – violência culminou com outras ações como o “Abraço pela Paz” e o Ciclo de Debates sobre Violência e o Projeto Piloto realizados em 2015. Em 2016, como parte do projeto a Câmara conseguiu que 80 itaunenses assistissem a uma apresentação da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais. Além disso, na próxima Reunião Legislativa (17/11), o Presidente deverá colocar em tramitação um projeto de Lei que proíbe a fabricação, venda, comercialização e distribuição de armas de brinquedo que configurem réplicas e simulacros de arma de fogo, ou que com essas possam se confundir.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.