COMPARTILHAR

camara-municipal1-300x295Reunião Plenária de 17/11/2016

 

 

Recurso para a educação- os vereadores aprovaram um projeto que autoriza ao Executivo Municipal abrir crédito especial para custear despesas referentes à reforma e ampliação da Escola Municipal Artur Contagem Vilaça, Bairro Cidade Nova. O recurso vai possibilitar a construção de três novas salas de aula, um depósito e reforma de um alambrado. Os vereadores Hélio Machado e Palmira Feliciano ressaltaram a importância desse projeto para a educação.

 

 

Pagamento de quinquênio- o cidadão Wandick Robson Pincer usou a Tribuna Livre para falar sobre o alerta feito por ele ao Presidente Francis Saldanha em relação ao pagamento do adicional de quinquênio aos servidores. Segundo ele já havia sido considerado inconstitucional o pagamento desta verba e não está previsto na Legislação do Município desde 1991, por isso alertou o Presidente sobre possíveis problemas futuros sobre esta questão. “Tenho plena convicção de que o quinquênio é ilegal”, ressaltou Wandick.

 

 

 

+ Gentileza- o vereador Marcinho Hakuna ressaltou que a ideia do Projeto + Gentileza – violência, desenvolvido pela Câmara, deve permanecer no próximo mandato. Segundo ele a Câmara fez a diferença e alertou sobre a necessidade de cada um fazer a sua parte. Ele destacou ter identificado bons comentários e ótimos resultados com o Projeto. O presidente Francis Saldanha destacou os resultados positivos do projeto, dentre eles a elaboração de um Projeto de Lei que proíbe a fabricação, venda, comercialização e distribuição de armas de brinquedo que sejam réplicas de arma de fogo. Francis destacou ainda o Concurso de desenhos e slogans feito junto às escolas municipais e a conscientização gerada na sociedade.

 

 

Acompanhe outros assuntos em pauta na reunião

 

 

O vereador Alex Artur cobrou que os servidores do Executivo tenham mais envolvimento e respeito com o Legislativo e o povo. Ele parabenizou o serviço desempenhado pelo Saae. O vereador Antônio Da Lua também cobrou empenho dos Secretários Municipais e sugeriu ao próximo prefeito critérios mais rigorosos para a definição do secretariado.

 

 

 

O Presidente Francis Saldanha criticou a falta de participação de autoridades e cidadãos na Conferência Nacional das Cidades, realizada no dia 17 de novembro, tendo o segundo encontro previsto para o próximo dia 26, onde podem surgir várias mudanças importantes para Itaúna.

 

 

O vereador Joel Márcio relatou sobre dificuldades que a Equipe de Transição estaria encontrando para desenvolver o trabalho. Ele pediu empenho da atual Administração para facilitar esse processo. Segundo ele, a cidade ganha muito com isso.

 

 

O vereador Antônio Da Lua divulgou um Bingo Beneficente que será realizado no dia 08 de dezembro, para arrecadar fundos destinados à Fundação Fredefico Ozanan.

 

 

O vereador Alex Artur parabenizou as ações que tem ocorrido no país como forma de combate à corrupção.

 

 

O Presidente Francis Saldanha, o Vice-presidente Édio Gonçalves e o Secretário Gil Máximo apresentaram Voto de Pesar pelo falecimento do Dr. Ricardo Drumond Magalhães. No início da Reunião Plenária foi feito um Minuto de Silêncio em homenagem ao ex-vereador falecido no último dia 16.

 

 

O vereador Hudson Bernardes solicitou informações sobre os contratos administrativos firmados pela Administração Municipal desde outubro de 2016 até a presente data.

 

 

O vereador Adão Batista questionou sobre a homologação do último Concurso Público realizado pelo Município. O vereador Nilzon Borges informou que o concurso ainda não foi homologado pois a Promotoria de Justiça solicitou informações sobre o procedimento. E que a homologação deve ocorrer em breve.

 

 

O vereador Marcinho Hakuna solicitou medidas preventivas e repressivas em relação ao assoreamento do rio que passa pelos imóveis públicos localizados no Córrego do Soldado. O vereador Antônio Da Lua reforçou essa solicitação.

 

 

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.