COMPARTILHAR

Resgatar os parques ecológicos da cidade, tornando-os atrativos e dando condições para que as famílias de Itaúna possam frequentá-los. Esses são os objetivos da Secretaria Municipal de Regulação Urbana com o projeto de revitalização, iniciado nos últimos dias por meio da Gerência Superior de Meio Ambiente. A equipe visitou os locais e já começou a desenvolver o cronograma para recuperação dos espaços, que por longo período permaneceram abandonados.

 
O município conta com quatro parques ecológicos, que ficam nos bairros Morada Nova, Três Marias, Cerqueira Lima e Piedade. Esse último, construído pelo Sindicato Intermunicipal das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Itaúna, foi entregue à Prefeitura em governos passados, por meio de convênio que tornou o poder público responsável pela manutenção. Mas, nunca funcionou efetivamente e a situação de abandono já rendeu sérias depredações ao patrimônio: equipamentos roubados e outros destruídos. A revitalização vai contemplar toda a estrutura com projeto paisagístico, que não foi concluído, assim como o de iluminação, visto que não há ainda nem rede de energia elétrica no local.

 
A segurança, com a restauração dos cercamentos e vigilantes, está entre as prioridades elencadas para todos os parques, assim como a implantação de portaria, com horário de funcionamento e controle de acesso – ações previstas para as quatro unidades. No caso do “Sindimei Affonso Lima”, que é o do Piedade, um jardineiro já foi contratado e começa a trabalhar em 1º de fevereiro. Com a proposta de ampla arborização no entorno, a Gerência de Meio Ambiente visa o incentivo à prática de caminhadas e outros exercícios físicos ao ar livre.

 
O Parque Geração do Futuro, localizado em imensa área verde, no Morada Nova, também está recebendo atenção especial da nova administração municipal. Todos os elementos estruturais serão reformados, devido à depredação. O projeto de recuperação contempla melhorias na iluminação, limpeza emergencial para retirada do lixo e entulho acumulado em volta de uma nascente de água. E será feita também uma campanha de conscientização da comunidade sobre a importância da preservação desse patrimônio para o bairro.

 
“Estamos empenhados na reestruturação, que vai garantir muitos benefícios para os moradores de diversas regiões. E precisamos estimular também as pessoas a cuidarem dos espaços públicos como forma de preservar bens que pertencem à população. Contaremos com a ajuda de todos nesse sentido”, comenta o secretário municipal de Regulação Urbana, Paulo de Tarso Nogueira.

 
A falta de manutenção periódica e de vigilância, aliadas ao mau uso, também prejudicaram o Parque Professora Maria Ivolina Gonçalves, no Três Marias. Mas, ações para resolver os problemas que foram identificados durante as vistorias técnicas, já estão em andamento. Praticamente destruídos por vândalos, os banheiros serão reformados. Tornar o local mais iluminado também é uma preocupação da Regulação Urbana. E ainda no planejamento para recuperação, está a abertura de uma sala de educação ambiental, que poderá servir para a comunidade, disponibilizada para reuniões diversas. “O que nós queremos é resgatar essas unidades e fazer com que se tornem realmente pontos de encontro e lazer para a população”, destaca a gerente superior de Meio Ambiente, Aline Moura.
No caso do Parque Cordovil Fonseca, mais conhecido como “Lago do Telmo” e localizado no Cerqueira Lima, a situação é menos drástica. Ainda assim, o espaço requer algumas providências, que também já estão sendo tomadas. Entre elas, a implantação de rede para drenagem e a partir daí, a reabertura da pista de caminhada no entorno, fechada por causa de problemas decorrentes da falta de captação das águas pluviais. O espaço também receberá melhorias na iluminação e terá, como os demais, horário de funcionamento e controle de acesso na portaria.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.