COMPARTILHAR

Bispo Dom José Carlos celebra missa em ação de graças pela entrega do patrimônio reconstruído

 

 

Uma missa em ação de graças pela reconstrução da Capela de Nosso Senhor do Bonfim, na manhã de domingo, 26 de março, vai marcar a entrega de um dos mais importantes patrimônios históricos de Itaúna, reconstruído. A solenidade terá início às 09 horas e celebração eucarística será conduzida pelo bispo diocesano, Dom José Carlos Souza Campos, convidado especial da Paróquia Nossa Senhora de Fátima e da Prefeitura de Itaúna, para o grande momento da entrega do templo à comunidade.

 

 

Diversas autoridades políticas e lideranças religiosas da cidade já confirmaram presença. Depois do ato solene de reabertura das portas da Capela à população, será inaugurado o memorial, que conta um pouco da história da edificação e expõe também alguns elementos que restaram após o incêndio que destruiu a igreja, em outubro de 2014. Na programação está prevista também o plantio de mudas com a participação do bispo Dom José Carlos, simbolizando o início do projeto de arborização do entorno e encerrando as atividades realizadas em comemoração à Semana da Água no Município.

 

 
Processo de revitalização de todo o entorno

 

 

Um projeto de revitalização desenvolvido pela Secretaria de Regulação Urbana, para execução em parceria com a Secretaria de Infraestrutura e Serviços, contempla todo o entorno da Igreja do Bonfim. Estão previstas obras para nivelamento do terreno e construção de portaria para controle de acesso e vigilância, medida essencial para a proteção do patrimônio.

 

 

O Município também está assegurando melhorias para a estrada de acesso, além da limpeza, regularização dos pisos e arborização ao redor da capela, além de iluminação do local, que ganhou uma rampa para promoção da acessibilidade. Para a reconstrução do altar, a Prefeitura espera contar com recursos do ICMS Cultural, parte do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, destinada ao resgate e preservação da memória dos municípios. Com esse propósito também está sendo elaborado um projeto, que deverá passar pela avaliação e aprovação do Conselho Deliberativo Municipal do Patrimônio Artístico, Cultural e Ecológico – Codempace.

 

 
Mais de 160 anos de história resgatados

 

 

A Capela de Nosso Senhor do Bonfim foi a primeira igreja da cidade, edificada, de acordo com os registros históricos, em 1853, pelo tenente José Ribeiro de Azambuja, conhecido e rico fazendeiro da época. Em arquitetura colonial do século XIX, foi construída, em pleno período imperial e tombada como patrimônio histórico, no ano de 2006, pelo decreto municipal nº 4.912.

 

 

Em outubro de 2014, o templo foi atingido por um incêndio de grandes proporções que destruiu parte de seus elementos artísticos. Após dois anos, começou a ser reconstruído, tendo as obras concluídas neste mês de março de 2017.

 

 

A reconstrução da capela é uma realização da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, viabilizada pela parceria com o Ministério Público; Centro Mineiro de Alianças Intersetoriais – Cemais; Associação Regional de Proteção Ambiental – ARPA; e Prefeitura de Itaúna.

COMPARTILHAR

Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.