COMPARTILHAR

A Polícia Civil em Itaúna realizou nesta sexta-feira (31) a Operação “Pacificação” para cumprir mandados de prisão contra suspeitos de homicídios e tráfico de drogas. Dez pessoas foram presas e quatro, apreendidas. Entre elas, dois advogados que passavam informações para criminosos sobre os mandados de prisão em aberto.
De acordo om o delegado regional Leonardo Pio, a ação se concentrou nos bairros Santa Edwiges, Leonane, Morada Nova, Alto do Rosário e Padre Eustáquio. Os advogados foram presos quando os investigadores perceberam que alguns alvos não estavam nos locais que estavam sendo monitorados pela Polícia Civil.
“Por consequência, ao indagar um dos alvos, ele acabou admitindo que recebeu informação privilegiada de seu advogado que teria lhe informado da existência dessa operação e um mandado de prisão em seu desfavor, por isso, que a ação policial acabou se desdobrando também na prisão dos advogados”, explicou.
A ação foi montada após homicídios ocorridos recentemente na cidade. “Este ano estamos verificando um aumento assombroso no número de homicídios em Itaúna. Já são 13, um a mais do que no ano passado inteiro. Com as investigações buscando identificar os autores, conseguimos identificar um conflito entre duas organizações criminosas e que então estavam atacando-se mutualmente. Conseguimos deflagrar essa operação buscando esses alvos para que eles possam responder por esses crimes”, disse o delegado Diego Lopes.
Os suspeitos estão ligados a associações criminosas que, na disputa de pontos de drogas, acabaram matando integrantes de grupos rivais. Todos os investigados responderão por homicídios, tráfico de drogas, associação para tráfico e outros crimes violentos. Leonardo Pio acrescentou que os números de crimes violentos na cidade preocupa. Ele também observou que tem ocorrido falhas no processo de prevenção.
“Os números apontam uma crescente, se analisarmos o período anterior. Percebemos também uma falha no processo de prevenção. Mesmo porque, a Polícia Civil dentro de sua atuação está dando à sociedade uma resposta justa e adequada prendendo e responsabilizando os autores dos últimos homicídios”, disse.
A operação contou com a participação de 60 policiais civis, 18 viaturas e ainda apoio do helicóptero da Polícia Civil.

 

 

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.