COMPARTILHAR

Na manhã desta sexta-feira,28, Defensores Públicos de 15 estados brasileiros acompanhados pelo Juiz da Vara de Execuções Penais da Comarca de Itaúna/MG, Dr. Paulo Antônio de Carvalho, estiveram na APAC para um visita. Também estavam presentes o Defensor Público de Itaúna, Dr. Fábio Bruno da Silva e o presidente da APAC, Sr. Evangelista Silva.

 

 

Na ocasião, os defensores puderam conhecer mais sobre o método APAC, tirar dúvidas e interagirem com os recuperandos durante um almoço no regime fechado. Após a vista todos se mostraram entusiasmados com o método APAC. A Defensora Pública do Ceará, Marilene Venâncio, comentou do encanto em ver os próprios recuperandos cuidando da entidade. “Eu fiquei impressionada com a dedicação e a disciplina deles. E acredito que a APAC funciona por isso. Nós precisamos de mais APACs, pois as mazelas do sistema prisional são graves e não conseguimos resolver.”, comentou.

 

 

Já o Defensor Público do estado de São Paulo, Bernardo Faeda e Silva, destaca com pesar o número de APACs no Brasil. “Muito interessante a forma de materialização dos princípios de execução da pena, mas é triste ver que ainda é muito restrito. Atualmente, são cerca de 650 mil presos no país e só três mil estão nas APACs. Ver o modelo é muito bom e gratificante, mas por outro lado é lamentável ver que isso não é oferecido a todos.”, destacou.

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.