COMPARTILHAR

Encontro reúne cerca de 80 pessoas e apresenta propostas para as discussões estaduais sobre Política Nacional de Integração

 

 

A implementação de uma política de atenção integral à Saúde das mulheres foi o eixo principal da primeira conferência realizada com o objetivo de reunir propostas que, depois de serem aprovadas em âmbito municipal, vão compor as discussões em nível estadual e federal sobre o tema. O debate promoveu o encontro de gestores públicos, como o secretário municipal de Saúde, com profissionais de diferentes especialidades e instituições, fortalecendo as práticas que passarão a integrar a nova postura dos governos sobre as questões de igualdade de gênero e garantia de direitos.

 
Ao todo, 15 propostas foram aprovadas pela Conferência Municipal de Saúde em temas que englobam, além da política de atenção integral à Saúde da mulher, o papel do Estado no desenvolvimento socioeconômico e a importância delas para o mercado do trabalho; a vulnerabilidade e equidade nas ações governamentais, além da ampla participação social nas políticas públicas. “O encontro foi, sem dúvidas, um momento oportuno para garantir o envolvimento de toda sociedade na busca de melhorias para o sistema público de serviços”, resumiu o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Antônio Mariano de Souza, o Mussum.

 
Participaram das discussões a superintendente do enfrentamento à violência contra as mulheres, da Subsecretaria de Políticas para Mulheres do Governo de Minas, Isabel Lisboa; a presidente e coordenadora geral da Rede Cataunidos, além de representante do Comitê Gestor de mulheres da rede Latino Americana de catadores, Madalena Duarte; o delegado-geral de Polícia Civil e administrador da 3ª Delegacia de Polícia de Itaúna, Jorge Antônio Pereira de Mello.
A presidenta da Conferência, Vilma Fialho Rodrigues, agradeceu a participação de todos os convidados, em especial dos palestrantes, que trouxeram as vivências dos diferentes setores do serviço público para a consolidação das propostas analisadas e aprovadas. “Os convidados engradecem o evento, trazendo para o centro das discussões as reflexões sobre os direitos das mulheres, lançando luz sobre os aspectos legais, profissional e comportamental”, afirmou.

 

 
O secretário municipal de Saúde, Fernando Meira de Faria, parabenizou o Conselho pela iniciativa. “Tão importante quanto criar as condições para as mulheres serem protagonistas em seus ambientes de trabalho, familiar e social, é estender a elas as reflexões sobre os direitos conquistados e ampliar as condições legais de garantia”, afirmou. “A união de diferentes setores, as contribuições de diferentes especialidades e a junção das instituições, fortalecem nosso objetivo de desenvolver políticas públicas cada vez mais igualitárias, com equidade e repeito a todas as pessoas”, completou.

 

 

Participações

 
A I Conferência da Saúde da Mulher foi realizada no sábado, 29 abril, no Colégio Sant’Ana. O encontro reuniu mais de 80 pessoas durante o dia de apresentações e diálogo. Estiveram presentes o secretário municipal de Assistência Social, Élvio Marques da Silva; a secretária municipal de Educação, Alessandra Nogueira Santo Araújo; a secretária-adjunta de Saúde, Vanésia Bernardes, o coordenador da Atenção Primária, Gilberto Lima; a diretora municipal da Saúde Mental, Cristiane Santos de Souza Nogueira; a coordenadora do Centro de Referência Especializada em Assistência Social – Creas, Cristiane Franco; e a cabo Fabiane, representando a 5ª Companhia Independente de Polícia Militar de Itaúna.

 

 
Assessoria de Comunicação

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.