COMPARTILHAR

Objetivo é buscar estratégias que devolvam a população de rua à convivência social

 
Foi realizado na manhã desta quinta-feira, 11 de maio, o 4º Simpósio sobre pessoas em situação de rua. A reunião na Secretaria de Assistência Social contou com a participação de secretários, vereadores, psicólogos, assistentes sociais e servidores que tiveram a oportunidade de expor ideias e opiniões sobre o tema, além de sugerir o que pode ser feito em Itaúna, diante da realidade enfrentada pelo Município.

 

 

O objetivo é traçar estratégias para ajudar a população que vive nas ruas, consolidando um plano de ação humanizado e eficiente. “Já realizamos o levantamento quantitativo da população em situação de rua em Itaúna. O estudo é o norte para a criação de estratégias de acolhimento e reinserção no convívio social. A interação entre todos os setores da administração pública e entidades fortalece o conceito de que só é possível desenvolver trabalhos bem-sucedidos quando se pode contar com parcerias”, comentou o secretário municipal de Assistência Social, Élvio Marques.

 

 

O encontro é preparatório para o Fórum que será promovido pelo Governo de Itaúna, em julho, reunindo representantes dos poderes Executivo e Legislativo, Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu, entidades de classe, além de lideranças religiosas. Por isso, participaram das discussões, o secretário de Governo, Heli Maia; os vereadores Hudson Bernardes e Gleison Fernandes; representantes do Centro de Referência de Assistência Social – CRAS; do Centro de Referência Especializada da Assistência Social – CREAS e membros de Comunidades Terapêuticas e entidades religiosas.

 

 

A gestora da Assistência Social da cidade de Campo Belo, Anália Maria Ferreira, e o coordenador do Centro POP da Prefeitura Municipal de Pará de Minas, Gustavo Henrique Duarte Silva, contribuíram com as discussões, compartilhando experiências e explicando como funciona o acolhimento dos assistidos, em suas cidades. “Saímos deste simpósio com a certeza de que Itaúna também é capaz de criar políticas para acolher e acompanhar as pessoas em situação de rua, promovendo o diálogo, respeito e a dignidade”, finalizou Élvio.

 

 

Assessoria de Comunicação

COMPARTILHAR
Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.