COMPARTILHAR

Pais e responsáveis têm até 23 de junho para garantir os filhos na escola; prazo não será prorrogado

 

Pais ou responsáveis que desejam garantir vaga para os filhos no ensino fundamental da rede pública em 2018 e também jovens que querem retornar aos estudos já podem se programar e ficar atentos às mudanças propostas para o próximo ano. O Cadastramento Escolar começa na segunda-feira, 12, e segue até o dia 23 de junho de 2017, e será realizado pela primeira vez pela internet em todo o estado de Minas Gerais. As pessoas que não têm acesso à rede podem procurar a escola pública, seja ela municipal ou estadual, mais perto do endereço de residência, e realizar o cadastro. É necessário levar a Certidão de Nascimento da criança ou Carteira de Identidade, comprovante de endereço e o CPF do responsável.

 

 

O Cadastramento Escolar on-line foi estabelecido pela Resolução da Secretaria de Estado de Educação. “Fizemos esta inovação considerando as evoluções tecnológicas que tornam mais fácil e agilizam o processo de cadastramento. A maioria da população tem computador, dispositivos móveis e acesso à internet e não precisará sair de casa para realizar o cadastro escolar”, explica Vera Vidigal, superintendente de Organização e Atendimento Educacional da Secretaria de Educação.

 

 

A inscrição é isenta de pagamento de taxas por parte do candidato e deverá ser feita através de formulário eletrônico disponibilizado no site da Secretaria de Estado de Educação (www.educacao.mg.gov.br). “Sendo totalmente online, não haverá prorrogação do prazo. Então, as pessoas devem ficar atentas ao período estabelecido na resolução”, afirma Vera Vidigal.

 

 

Poderão ser inscritos no Cadastro Escolar as crianças que completarão seis anos até o dia 30 de junho de 2018, estudantes vindos de outras localidades ou transferidos de escolas particulares e candidatos ao curso de Educação de Jovens e Adultos – EJA, do ensino fundamental. A inscrição deve ser realizada pelo pai, mãe ou responsável ou jovens maiores de 18 anos.

 

 

Os alunos da educação infantil matriculados nas unidades municipais da Rede Municipal de Educação de Itaúna que completarem 4 anos até 30 de junho de 2018 também terão de ser cadastrados.

 

Planejamento

 

O Cadastramento Escolar permite ao Governo do Estado e a Prefeitura de Itaúna a dimensionarem a demanda escolar, encaminhando com tranquilidade as crianças que vão iniciar os estudos, os alunos que desejam a transferência para a rede pública e os estudantes que queiram retornar à escola, seja qual for o ano do ensino fundamental.

 

 

Com a demanda apresentada no Cadastramento, Estado e Município fazem uma análise do fluxo escolar, da capacidade física das escolas, com vistas à apresentação de proposta de expansão e/ou reorganização, buscando compatibilizar a demanda e oferta de vagas nas redes públicas de ensino.

 

 

Assessoria de Comunicação

COMPARTILHAR

Matéria enviada ao Portal Notícias de Itaúna. As matérias enviadas e publicadas no Portal Notícias de Itaúna não refletem necessariamente a opinião do nosso Portal de Informações e são de inteira responsabilidade das pessoas que as assinam.